Quarta-feira, Setembro 29, 2021

Revista ‘Cristina’ desce nas vendas para menos de metade em dois anos

Revista 'Cristina' desce nas vendas para menos de metade em dois anos

Revista ‘Cristina’ desce nas vendas para menos de metade em dois anos, agravando assim a fase negra da apresentadora que teima em não conseguir resultados na TVI.

A revista Cristina, de Cristina Ferreira, registou em 2020 metade das vendas alcançadas em 2018.
Publicada mensalmente, a revista Cristina, de Cristina Ferreira, tem perdido muito em termos de vendas.

Segundo a Mariana, o valor médio, em 2018, foi de 38 987 exemplares. Dois anos depois, em 2020, caiu para menos de metade: 17 203. Pelo meio, em 2019, a tendência de queda já se verificava, com 23 642.

Mas também de entre os portugueses mais influentes, Cristina Ferreira caiu do 2.º para o 64.º lugar, como aqui demos conta.

Talvez para aumentar as vendas, a capa deste mês é Liliana Santos completamente nua.

Não só enquanto atriz, mas também como pessoa, é importante despir a nossa alma. Revelarmos quem somos. Sem medo de o sermos! Hoje partilho convosco esta capa que me deixa tão orgulhosa. Uma capa que marca os meus 40 anos, um marco na vida de qualquer mulher!“, escreveu Liliana Santos na rede social Instagram.

Marca também uma viragem na minha vida. Sinto-me completa na natureza… É aí que me renovo e me encontro e por isso achei que seria perfeito para vos poder revelar um pouco mais de mim“, continuou.

Agradeço à revista Cristina por esta oportunidade e pelo carinho!“, acrescentou ainda Liliana Santos.

Revista ‘Cristina’ desce nas vendas para menos de metade em dois anos, sendo apenas mais um factor negativo num ano pouco ou nada positivo para a apresentadora e empresária.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever