Quarta-feira, Setembro 22, 2021

RTP Memória em risco de encerrar

RTP Memória em risco de encerrar

RTP Memória em risco de encerrar, segundo boletim emitido pela comissão de trabalhadores.

A Comissão de Trabalhadores da RTP emitiu um novo boletim, ontem, dia 1 de setembro, e confirmou que a RTP Memória continua em risco de encerrar.

Com a queda de audiências que se vai tornando crónica e que constitui motivo de preocupação para todas as pessoas que trabalham na RTP, a boa notícia foi, nesta semana, que vários programas da RTP Memória têm despertado atenção e interesse do público“, refere o boletim.

Contudo, o mesmo boletim revela que mesmo assim, o canal poderá deixar de existir. “A má notícia é que os planos subjacentes ao novo Contrato de Concessão apontam precisamente para acabar com a RTP Memória”, confirmam.

Abaixo, deixamos o texto integral do boletim:

Com a queda de audiências que se vai tornando crónica e que constitui motivo de preocupação para todas as pessoas que trabalham na RTP, a boa notícia foi, nesta semana, que vários programas da RTP Memória têm despertado atenção e interesse do público.

Confirmam-se assim os méritos de uma fórmula que, para além das críticas que se lhe possa fazer em aspectos concretos, tem o potencial de tirar um bom partido de investimentos feitos ao longo dos anos, de apelar para as melhores experiências e para as melhores recordações do público e que vai fazendo tudo isso sem sobrecarregar desmesuradamente o orçamento da RTP.

A má notícia é que os planos subjacentes ao novo Contrato de Concessão apontam precisamente para acabar com a RTP Memória.

Dir-se-ia que a relação invulgarmente favorável entre custo e benefício, em vez de constituir um factor de peso para “explorar o sucesso” da RTP Memória, constitui motivo de incómodo para quem prefere esbanjar o dinheiro da RTP em projectos condenados à insignificância e apenas mantidos à tona de água por balões de oxigénio de uma estação pública que encomendas políticas ou interesses económicos obrigam a um despesismo irracional“.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever