“Se Cristina Ferreira estivesse nos EUA, ultrapassava facilmente a Oprah”

958
"Se Cristina Ferreira estivesse nos EUA, ultrapassava facilmente a Oprah"

“Se Cristina Ferreira estivesse nos EUA, ultrapassava facilmente a Oprah”, defende Inês Simões, comentadora do Big Brother Famosos.

Estava um país inteiro à espera de o ver dentro de uma casa fechado. Acredito que a maior parte esperava um Bruno egocêntrico e autoritário, e levámos com um Bruno divertido e verdadeiro”, disse à revista Nova Gente, sobre a entrada de Bruno de Carvalho.

Pelo contrário, “O [Hugo] Tabaco esteve muito apagado, assim como o Jay [Oliver]. Gostava que o Jay mostrasse mais dele no jogo”.

Para Inês Simões, os potenciais finalistas são Bruno de Carvalho, Kasha, Nuno Homem de Sá, Marta Gil e Liliana Almeida.

“A Cristina é mais do que uma apresentadora. É uma apresentadora que investe muito e acerta ainda mais, tem uma empatia gigante com o público e é de uma inteligência emocional que raramente se encontra neste meio”, disse sobre Cristina Ferreira como apresentadora.

Tem uma capacidade de comunicação incrível, é perfeccionista e consegue conciliar tudo isto com outras competências que tem. Se estivesse nos EUA, ultrapassava facilmente a Oprah”, acrescentou.