Início Actualidade Sporting-Rakow: Leões vencem por 2-1 com bis de Pote

Sporting-Rakow: Leões vencem por 2-1 com bis de Pote

Sporting-Rakow: Leões vencem por 2-1 com bis de Pote, esta quinta-feira em Alvalade.

Sporting CP

2 – 1

Anotações Importantes
4ª Jornada da Fase de Grupos da Liga Europa.

Estádio da Luz
Localidade: Lisboa
Morada: Lisboa
Loatação: 50.000

Emissão
09/011/2023
SPORT TV
20:00

Timeline
12′14′28′52′71′85′90+4′
Cartão vermelho a RacovitanGolo de Pedro GonçalvesCartão amarelo a Gonçalo InácioGolo de Pedro GonçalvesGolo de RundicCartão amarelo a PaulinhoCartão amarelo a Cebula
Nuno Santos
Gonçalo InácioTrincão
AdánPedro Gonçalves
CoatesPaulinho
Daniel Bragança
St. JusteEdwards
Esgaio
Jean Carlos
NowarTudor
KocherginKovacevic
CrnacRakovitan
Berggren
YeboahRundic
Piavsik
Sporting|Rakow
AdánKovacevic
St. JusteTudor
CoatesRacovitan
Gonçalo InácioRundic
Ricardo EsgaioJean Carlos
Daniel BragançaKochergin
Pedro GonçalvesBerggren
Nuno SantosPiavsik
EdwardsNowar
PaulinhoCrnac
TrincãoYeboah
TreinadorRúben AmorimDawid SzwargaTreinador

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: Rute Nunes e Carlos Pedroso

Onzes titulares:

Sporting: Adán; St. Juste (Diomande, 68), Coates, Gonçalo Inácio (Matheus Reis, 56); Ricardo Esgaio (Fresneda, 56), Daniel Bragança, Pedro Gonçalves (Hjulmand, 56), Nuno Santos; Edwards (Tiago Ferreira, 68), Paulinho e Trincão.

Rakow: Kovacevic; Tudor, Racovitan, Rundic; Jean Carlos, Kochergin (Lederman, 61), Berggren (Kittel, 82), Piavsik; Nowar (Kavacevic, 18), Crnac (Piasecki, 45), Yeboah (Cebula, 61).

Suplentes:

Sporting: Franco Israel, Diego Callai, Matheus Reis, Luís Neto, Dário Essugo, Fresneda, Diomandé, Hjulmand, Eduardo Quaresma, Tiago Ferreira, Afonso Moreira, Rodrigo Ribeiro.

Rakow: Tsiftisis, Lederman, Kovacic, Sorescu, Arsenic, Mras, Cebula, Kittel, Piasecki.

Sporting e Rakow defrontaram-se, esta quinta-feira, 9 de Novembro, no Estádio José Alvalade, para a 4ª Jornada da Fase de Grupos da Liga Europa.

O Sporting com o claro objectivo de vencer para garantir o mais depressa possível a qualificação para a próxima fase, perante um adversário com o qual empatou na Polónia, após jogar mais de 80 minutos reduzido a 10 jogadores, por expulsão de Gyokeres.

Devido a essa expulsão, o avançado sueco esteve indisponível para este jogo.

O Sporting entrou bem no jogo e ao ataque, tendo aos 10 minutos visto o adversário ficar reduzido a 10 unidades. St. Juste correu de uma área à outra e recebeu um passe de Trincão pela esquerda, sendo obstruído dentro da área. Inicialmente o árbitro nada assinalou, mas o VAR alertou para possível penalti. Após ver as imagens, o árbitro assinalou penalti e expulsou o jogador do Rakow, Racovitan.

Pedro Gonçalves da marca dos 11 metros não falhou, bola para um lado, guarda-redes para outro e o Sporting a vencer por 1-0, perante o Rakow reduzido a 10 jogadores.

O Sporting a partir deste momento controlou por completo o jogo, pese algumas tentativas de saída para o ataque por parte do Rakow, com Yeboah a ser o jogador com mais intensidade e virtuosismo desta equipa.

A equipa leonina falhou muito no último terço do terreno, com o último passe a ser o calcanhar de aquiles e também a definição das jogadas. Alguns remates de Nuno Santos, Trincão e Edwards criaram frisson nas bancadas, porém sem resultarem em golos.

Contra 10 unidades da equipa polaca, o Sporting preferiu a segurança defensiva e uma posse de bola a tentar desgastar o adversário a correr atrás da mesma, enquanto o Rako juntou as linhas, baixou o bloco e dificultou muito a entrada na sua área à equipa lisboeta.

As equipas foram para o intervalo com o resultado em 1-0, a favor do Sporting, num resultado justo. (Sporting-Rakow 1-0).

A segunda parte começou com mais um golo do Sporting, porém desta vez anulado, por fora-de-jogo de Paulinho, numa decisão do árbitro assistente e confirmada pelo VAR.

VAR que voltou a ser interveniente ao voltar a chamar o árbitro, após situação de mão na bola na área do Rakow, que tinha passado ‘despercebida’, apesar dos muitos protestos dos jogadores e adeptos leoninos. Mão de Rundic, penalti para o Sporting. Pedro Gonçalves voltou a enganar o guarda-redes e marcou o 2-0, o seu segundo golo no jogo, aos 52 minutos.

Dois minutos depois, nova jogada ofensiva do Sporting, com Trincão, na esquerda e dentro da área, a rematar à meia-volta e atirar à malha lateral da baliza à guarda da equipa polaca.

Aos 56 minutos, tripla alteração no Sporting, com Amorim a refrescar a equipa e a começar a pensar no derby frente ao Benfica, no próximo domingo, tirando Pedro Gonçalves, Gonçalo Inácio e Esgaio e colocando Hjulmand, Matheus Reis e Fresneda.

O Rakow reduziu após uma dupla alteração no Sporting (saídas de St.Juste e Edwards, para as entradas de Diomande e Tiago Ferreira), após jogada de insistência, com Adán a defender o primeiro remate, mas com Rundic a atirar a contar na recarga. Alguma passividade na defensiva leonina.

Até final do jogo, o Sporting voltou a assentar o seu jogo, foi criando oportunidades, o menino Tiago Ferreira mostrou irreverência, enquanto o Rakow foi defendendo como pôde e tentando algumas saídas para o ataque.

O Sporting venceu por 2-1 e deu passo importante na qualificação para a próxima fase da Liga Europa. Recorde-se que apuram-se os dois primeiros de cada grupo, estando o Sporting em 2º, a Atalanta em 1º. Seguem-se o Sturm Graz e o Rakow, no grupo D.

O Sporting-Rakow contou com quase 33 mil espectadores em Alvalade.

Árbitro: Enea Jorgji
Árbitros Assistentes: Denis Rexha e Ridiger Çokaj
4º Árbitro: Florian Lata
VAR: Juan Martínez Munuera
AVAR: Dennis Higler

Assistência: 32.940 espectadores.

Disciplina: Cartão amarelo a Gonçalo Inácio (28), Paulinho (85), Cebula )90+4). Cartão vermelho a Racovitan (12).

Golos: Pedro Gonçalves (14, 52), Rundic (71).

Exit mobile version