Tenta pública na Terceira: Bons momentos de toureio e a profundidade e estética de Gerpe

Tenta pública na Terceira: Bons momentos de toureio e a profundidade e estética de Gerpe, no passado domingo.

Tenta pública na Terceira: Bons momentos de toureio e a profundidade e estética de Gerpe

Fotografias: Paulo Gil (Todos os direitos reservados e proibido uso sem autorização)

A Praça de Touros da Ilha Terceira, nos Açores, recebeu no passado domingo, uma tenta pública. Nesta tenta participara Luís Gerpe, Juanito, El Chorlo e Bruno Alói.

Uma tenta aberta ao público, que teve assim a possibilidade de assistir às qualidades dos toureiros. Esta tenta encerrou um ciclo de outras tentas, essas privadas, que decorreram nos dias anteriores.

Destaque ainda para a realização de um colóquio, intitulado ‘Histórias de Maiorais’, na sede da Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

Destaque-se a presença de Luís Gerpe, toureiro espanhol (tal como El Chorlo), nas tentas, iniciativa promovida pela Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

O toureiro espanhol agradou ao público que marcou presença no tauródromo terceirense, no domingo, através do temple, estética e profundidade artísticas ali apresentadas.

Luís Gerpe nasceu a 14 de Outubro de 1993, na localidade de Seseña, região de Toledo, tendo debutado sem picadores a 27 de Abril de 2010, em San Martín de la Vega, região de Madrid. O debute com picadores, enquanto novilheiro, ocorreu a 15 de Janeiro de 2011 em Bogotá, na Colômbia. Na praça de touros de Las Ventas, em Madrid, debutou como novilheiro, a 17 de Julho de 2011, repartindo cartel com Sergio Flores e Adolfo Ramos, frente a novilhos de Javier Molina.

A sua alternativa ocorreu a 30 de Agosto de 2015, na localidade de Alcalá de Henares, Madrid, frente a touros da ganadaria de Castillejo de Huebra, tendo Curro Díaz como padrinho e Miguel Abellán como testemunha.

No ano passado, confirmou alternativa em Las Ventas, a 18 de Setembro, repartindo cartel com Fernando Robleño e Miguel Tendero.

Da sua actual quadrilha, destaque-se a presença do bandarilheiro português João Pedro Silva, conhecido por Açoriano.

Como remate, destaque-se ainda que a corrida da sua alternativa, em Alcalá de Henares, foi suspensa, após lide e morte do 3º touro, devido às condições climatéricas que ali se fizeram sentir, impedindo que o festejo prosseguisse.

Recentemente, o toureiro tem participado em alguns tentaderos em Portugal, ao mesmo tempo que tem triunfado nas corridas em que actua em Espanha, tendo já este ano estado com sucesso no Peru.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

31,779FãsCurtir
12,747SeguidoresSeguir
438SeguidoresSeguir
277InscritosInscrever