Tiago Graça e a conversa sobre homossexualidade com os pais: “deu-me o maior abraço do mundo”

Tiago Graça e a conversa sobre homossexualidade com os pais: “deu-me o maior abraço do mundo”, contou.

Tiago Graça e a conversa sobre homossexualidade com os pais: "deu-me o maior abraço do mundo"

Tiago Graça esteve à conversa com Manuel Luís Goucha e falou sobre a conversa que teve com os pais quando começou a namorar com Guilherme.

O ex-concorrente de “O Triângulo” disse que chegou a namorar com raparigas, mas que foi na altura da pandemia por Covid-19, em que teve “muito tempo para pensar”, que sentiu “a liberdade” para se “conhecer melhor nesse aspeto”.

Tive muito tempo para me entender a mim mesmo e muito tempo para, acima de tudo, aceitar. Obviamente, sentia que sempre houve atração e foi algo que nunca decidi explorar, mas que, a partir daquele momento em que senti a liberdade para me conhecer melhor nesse aspeto da minha vida, foi onde comecei a sentir-me mais livre”, explicou Tiago Graça.

Foi quando achava que ia ter ali um tempo para estar sozinho – que é, muitas vezes, o que acaba por acontecer – que conheci o Guilherme”, contou.

É algo que acho que cada um deve fazer ao seu timing e fazer quando está preparado. Acho que não há um tempo para o fazer”, referiu.

Tiago Graça e o seu namorado Guilherme conheciam-se de vista, por serem de Azeitão, mas só começaram a falar depois que se seguiram mutuamente nas redes sociais: “Começámos a falar e as coisas começaram a desenrolar-se”.

Já tinha saído algumas vezes com o Guilherme. Eles [pais] notavam, obviamente, que eu andava a sair mais de casa, a passear mais e, naquele dia, calha de a minha mãe mandar aquela boquinha meio: ‘Olha lá, não andas a sair muito?’. E eu disse-lhe que sim e ela perguntou: ‘Então, tens alguma coisa para me contar?’”, recordou Tiago Graça.

Eu disse-lhe: ‘Por acaso, até tenho. Ando a sair com alguém’. Eu a tentar introduzir o assunto, já que surgiu a oportunidade, porque não foi algo pensado, a oportunidade surgiu naquele momento. E a minha mãe, imediatamente, perguntou-me: ‘Então e é uma menina ou um menino’. E eu assim: ‘Pois…’. E comecei-me a rir, ela começou-se a rir. Olhámos um para o outro e não foi preciso dizer mais nada”, acrescentou Tiago Graça.

Uma vez que contou à mãe, decidiu também falar com o pai.

Fomos os dois no carro, eu contei-lhe da mesma forma que contei à minha mãe. ‘Olha, como já deves ter reparado, ando a sair mais vezes… conheci um rapaz. Estou a gostar muito de o conhecer. Queria contar-te isso’”, disse enquanto ia com o pai às compras.

Ele deu-me o maior abraço do mundo e disse-me que, acima de tudo, queria que eu fosse feliz e que, para o resto da minha vida, ele estava cá para me apoiar”, contou.

Assumiu que teve “mesmo muita sorte” com os seus pais.

Para mim, foi das coisas mais impactantes da minha vida, porque era algo que eu estava à espera, mas ouvir e sentir é completamente diferente de estar à espera”, revelou.

A partir daquele momento, senti que ganhei força para enfrentar qualquer tipo de opinião ou o que quer que fosse”, rematou Tiago Graça.

Após a entrevista deixou uma mensagem nas redes sociais: “Ainda estou a processar que fui ao Goucha. Foi uma conversa muito bonita, recheada de emoções e com uma surpresa no final. Obrigado pela oportunidade de falar um pouco sobre a minha aventura no ‘Triângulo’ e sobre a minha vida”.

Siga-nos no Google News

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

31,799FãsCurtir
12,697SeguidoresSeguir
438SeguidoresSeguir
288InscritosInscrever