Covid-19: Marinha Grande toma medidas para diminuir a evolução epidemiológica

Na sequência do Plano de Contingência para o COVID-19 e das orientações da DGS para diminuir a evolução epidemiológica a Câmara Municipal da Marinha Grande decidiu hoje:
– Restringir a utilização e funcionamento de alguns dos equipamentos municipais;
– Suspender as visitas de Grupos aos Museus Municipais até anúncio em contrário;
– Os equipamentos desportivos, como as Piscinas Municipais, Estádio, Campos de Futebol, Campos de Ténis e Pavilhões Desportivos, terão o funcionamento condicionado apenas às atividades escolares e outras previamente autorizadas em articulação com os Clubes, Associações Locais e os Agrupamentos de Escolas, protegendo os grupos de risco identificados pela DGS;
– Relativamente a Escolas e ATL da rede pública, manter-se-ão em funcionamento sendo cumprindo integralmente o que vier a ser determinado pela DGS e pelo Governo em estreita articulação com os Agrupamentos Escolares;
– As atividades da Biblioteca Municipal mantêm-se suspensas, passando ainda a ser restrito o funcionamento da mesma;
– Suspender a cedência de espaços municipais para eventos organizados por Entidades terceiras com efeitos imediatos até 12 de abril 2020, sujeito a reavaliação consoante a evolução epidemiológica;
– Encerrar o acesso a Casas de Banho Públicas;
– Os serviços municipais manterão a normalidade de funcionamento, embora todos os atendimentos de serviços públicos devam ser procurados preferencialmente e apenas em situações urgentes e inadiáveis devendo privilegiar-se o contacto telefónico;
– As Feiras, Mercados e Cemitérios Municipais manterão o seu funcionamento, sendo reforçadas as medidas de higienização e a divulgação de medias preventivas como a higienizarão das mãos, etiqueta respiratória e conduta social;

A decisão de hoje visa reduzir riscos de exposição e de contágio ao COVID-19, definindo-se para já a sua vigência a partir de segunda-feira, 16 de março, estando em permanente atualização em função da evolução da situação a nível nacional e local e tendo em consideração as orientações da DGS.

A Câmara Municipal, no âmbito da implementação do seu Plano de Contingência determinou ainda a aplicação de um conjunto de medidas que visam a proteção e salvaguarda dos seus Trabalhadores, designadamente dos que estão expostos ao contato social com o público.

Reforça-se a recomendação para que os Munícipes apenas se dirijam presencialmente aos serviços municipais em situações urgentes e inadiáveis, devendo privilegiar o contacto telefónico ou por meios eletrónicos à disposição, recorrendo ainda ao pagamento de facturas por referência multibanco nos casos em que seja possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.