Quarta-feira, Setembro 22, 2021

À espera do pior: Rogério Samora com síndrome de morte súbita

À espera do pior: Rogério Samora com síndrome de morte súbita

Rogério Samora mantém-se com “prognóstico reservado”, com a avaliação das lesões neurológicas a poder demorar.

Com “prognóstico reservado. A situação é grave, muito grave, é muito complexa, mas mantém-se estacionária“, disse fonte hospitalar à TV 7 Dias.

Carlos Samora, primo do actor, revelou que no passado sábado, Rogério registou “algumas melhoras”, sem adiantar mais pormenores.

Uma fonte revelou à revista que o actor “fez um conjunto de exames cardíacos para avaliar se tinha tido um enfarte, mas não foi o caso. (…) Ele teve uma paragem cardiorrespiratória, o que se designa de síndrome de morte súbita”.

O actor mantém-se em coma, ventilado e ligado ao suporte básico de vida.

A questão é perceber a extensão dos danos, sendo que é muito cedo para avaliar ainda. Aparentemente, ele esteve 15 minutos sem função cardíaca e quando o corpo está 15 minutos sem receber oxigénio há um conjunto de reações pós-reanimação violentíssimas a nível fisiológico, que implicam uma série de medicamentos para a estabilização do equilíbrio do corpo humano, seja a nível convulsivo, a nível de sedação, para prevenir arritmias, etc. (…) é muito cedo para se avançar com prognósticos“, esclareceu a mesma fonte.

É uma situação que ainda pode demorar muito tempo sem evolução. Pode ser uma coisa bastante longa, pode demorar semanas. Neste momento, ele luta pela sua vida“, rematou.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever