Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Alô Marco Paulo: Cantor reage a críticas e elogia Ana Marques

Alô Marco Paulo: Cantor reage a críticas e elogia Ana Marques

Alô Marco Paulo: Cantor reage a críticas e elogia Ana Marques, considerando-a uma grande apresentadora de televisão.

No passado sábado, os espectadores voltaram a criticar, bastante, Marco Paulo e novo programa da SIC, ‘Alô Marco Paulo‘.

Sobre ter dito que Emanuel não tinha grande voz, esclareceu: “Eu falei com o Emanuel e não disse aquilo com intenção. Toda a gente sabe que o Emanuel é uma pessoa que não tem uma grande voz, mas o talento que tem cativa as pessoas. Agora não sou surdo nem parvo. Gosto muito do Emanuel“, em declarações à TV 7 Dias.

Li depois do primeiro programa. Já não leio mais. As pessoas são livres de dar a sua opinião, não podem é ser mal-educadas. As pessoas não me conhecem. Mas não posso mandar calar as pessoas e dizer que não têm nada que comentar. A minha consciência está tranquila e a da SIC, tanto que vamos continuar a fazer o programa. Podiam era dar uma opinião construtiva”, assumindo não ler os comentários.

A minha preocupação é a minha saúde e o meu trabalho, que tento fazer com dignidade. Às vezes saem-me coisas e não me apercebo. Estou eternamente grato à SIC, porque há uns meses falou-se tanto se iria para a SIC ou a TVI”, continuou.

Sobre a polémica de ter mandado calar Ana Marques e de lhe ter dito que o programa era seu e não dela, também explicou.

Não mandei calar a Ana Marques, há certas pessoas que só veem maldade. Eu amo a Ana Marques, é a minha bengala, a minha companheira de trabalho, e grande apresentadora de televisão. Todos os sábados divertimo-nos. Se calhar, disse aquilo numa brincadeira, porque nós brincamos muito. E não é fácil estar cinco horas no ar. Temos de nos divertir para as pessoas em casa se sentirem à vontade“, disse.

No dia a seguir liguei à Ana Marques e perguntei-lhe: Achas que te podia ofender ao dizer que o programa é meu?’. Ela sabe que o programa é meu. Essas coisas são para as pessoas não levarem a sério. Preocupem-se com a pandemia e não com ninharias, com coisas sem importância nenhuma. Se tenho alguma saída menos… é tudo tão natural. E até é bom”, acrescentou.

O interesse de tudo o que se passa naquele programa, que é um sucesso já, é precisamente a nossa descontração. Eu e a Ana não estamos ali para ficarmos bonitos e dizermos coisas bonitas. O que sair, saiu! Sou brincalhão e ali somos nós próprios, claro que não sou um desbocado e uma pessoa mal-educada, agora sou uma pessoa divertida”, referiu.

Tem sido uma experiência maravilhosa, 20 anos depois, estar na SIC a fazer este programa, ainda por cima sendo na minha própria casa. É um programa tão simpático em que eu partilho com o público aquilo que sou realmente. Eu sou aquela pessoa. Não faço um papel que não é o meu. O que é certo é que no espaço de 15 dias foi o programa mais falado da televisão nacional”, rematou.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
114InscritosInscrever