Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Entrevista a Rui Lavrador: “No Infocul há muita coisa de que não gosto”

Entrevista a Rui Lavrador: "No Infocul há muita coisa de que não gosto"

O director do Infocul, RuI Lavrador, celebra, hoje, o seu 31º aniversário e concedeu uma entrevista, na qual aborda o seu percurso e também aquilo que será o futuro do site.

Começou por destacar que “celebro 10 anos de carreira em 2021, o Infocul fará o seu 6º aniversário em Dezembro, e tenho um percurso a nível cultural já com muita coisa feita, com muitas entrevistas feitas, muitas reportagens”.

Destacou o facto de nestes 10 anos ter entrevistado e feito reportagens com os “nomes maiores da cena musical em Portugal, na tauromaquia estive em quase tudo o que são praças. Em Espanha já fizemos reportagens de corridas de touros e concertos…”, acrescentando ainda as “estrelas internacionais já entrevistadas”.

Assume estar “numa fase de grande maturidade profissional, mas também muito feliz, mas em que me apetece fazer coisas diferentes, reinventar-me”.

Quer a sua equipa a “crescer, que continuemos a ser competentes, profissionais, mas também a divertir muito”.

Assume que a criação do site partiu de uma vontade sua em trabalhar com as pessoas que gosta e fazer aquilo que gosta, porém, “no Infocul há muita coisa de que não gosto”.

A justificação: “Uma linha editorial, que se queira credível e coerente, não pode ser feita com base nos meus gostos pessoais”.

Sobre o crescimento do site e as decisões tomadas, revelou que “preparo-me, antes de tudo para perder. É muito importante estares preparado para perder”.

O director do site abordou ainda algumas temáticas polémicas relacionadas com o sector cultural, nas várias áreas.

Entrevista completa:

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever