Segunda-feira, Maio 10, 2021

Goucha diz-se preparado para a perda da mãe e relembra momento em que assumiu homossexualidade

“Conta-me” teve Manuel Luís Goucha como entrevistado e Cristina Ferreira no papel de entrevistadora. A conversa decorreu na casa do apresentador, em Fontanelas.

Num registo emotivo e íntimo, Manuel Luís Goucha abordou a perda da sua mãe, revelando que está preparado para quando isso acontecer.

Há uma imagem que me persegue ultimamente que é a minha mãe a dizer-me adeus à estação de Coimbra B e ficava a dizer adeus. E eu ficava a dizer adeus da janela, os dois a chorarmos baba e ranho”, disse.

Explicou que “não percebo porquê. Talvez porque a minha mãe tenha 97 anos e eu tenha de me preparar para um dia ela deixe de fazer parte da minha vida aqui”, acrescentou.

Claro que vai durar até aos 98, 99 anos (…) até pode ultrapassar. Estou apaziguado com essa ideia de perda definitiva. (…) Porque tê-la durante tantos anos como a tenho… falo com ela todos os dias”, disse ainda.

Claro que vou ter saudades da minha mãe, tive a minha mãe que tive. (…) Ela tem muitos defeitos e qualidades”, disse emocionado.

Mas confessou que “cada vez mais estou apaziguado com essa notícia de que poderá um dia surgir, que pode vir um dia mais depressa do que estou à espera”.

Goucha lembrou o momento em que assumiu a sua homossexualidade, perante a mãe.

A minha mãe sempre foi muito à frente… ”tu gostas de homens?” e eu disse “gosto”. Sabes qual foi a resposta dela? Não quero saber o que é ser homossexual, só quero que tu sejas feliz”, referiu.

Avatar
Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,964FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
87InscritosInscrever