Terça-feira, Outubro 26, 2021

‘O Amor Acontece’: Conheça os primeiros concorrentes

'O Amor Acontece': Conheça os primeiros concorrentes

Com O Amor Acontece, vamos conhecer uma nova forma de dating: o slow dating. Candidatos a encontrar o amor vão descobrir a sua alma gémea ao longo de quatro dias numa das quatro casas disponíveis para o efeito.

Em ambientes completamente distintos, o amor pode acontecer na serra, no campo, na praia ou num moinho. No programa de estreia vamos conhecer os quatro primeiros casais a embarcar nesta grande aventura. Com idades distintas e experiências de vida completamente diferentes, os casais vão ser um espelho do primeiro encontro da maioria dos portugueses.

Será que a atração física é importante a longo prazo ou só num primeiro impacto? Os gostos em comum são importantes ou mantem-se a máxima de que os opostos se atraem? Será que alguém ainda pode encontrar o amor aos 75 anos? Estas e outras perguntas serão respondidas neste formato onde o amor vai acontecer.

Os concorrentes da primeira semana:

Ide
Concorrente de ‘O Amor Acontece’

Idade: 64 Anos (Capricórnio) Localidade: Vila Real

Profissão: Enfermeira Aposentada

Biografia

Nasceu em Nanuque, Minas Gerais onde viveu até aos 12 anos. Depois mudou-se para o Rio de Janeiro onde viveu mais 7 anos. Mudou-se para São Paulo e foi para o USP – Hospital das Clínicas estudar enfermagem. Trabalhou no Instituto do Coração durante 18 anos, na área infantil e aposentou-se porque lá conseguiam fazê-lo mais novos.

Nessa altura, voltou para Nanuque e esteve 4 anos a viver com a mãe.

Casou com 28 anos e teve duas filhas. Ela e o primeiro marido eram incompatíveis, depois de 5 anos de namoro e 5 de casados, decidiram separar-se. A separação correu bem e ficaram sempre amigos e próximos, por causa das filhas.

Depois da separação, foi tendo alguns namoricos, mas nada sério porque não queria introduzir mais pessoas na vida das filhas.

Infelizmente, uma das suas filhas faleceu. Foi uma altura muito difícil e só conseguiu superar graças a um grande amigo que lhe apareceu na vida, “foi como um anjo” garante!
Ele era mais velho do que ela 18 anos, e ainda viveram 12 anos bem felizes. Ela adorava-o e cuidava muito dele. Com algumas complicações a nível cardíaco, acabou por falecer.

A Ide está viúva há 5 anos.

A outra filha formou-se em turismo e em inglês, recebeu uma proposta e foi para o Dubai durante 10 anos. Foi trabalhar na aviação.
Graças à profissão da filha, tem conseguido viajar muito.

Está em Portugal há 3 anos, veio sem conhecer, ninguém nem o país. É aventureira e arriscou. Ama estar a morar aqui, mora em Vila Real.

A última relação foi com um norueguês, acabaram há 1 ano e 3 meses.
A filha foi cúmplice, como trabalhava em aviação, foram atrás dele na Noruega. Foi maravilhoso, 5 dias de contos de fadas! A relação durou mais ou menos 4 anos. Com a pandemia afastaram-se e agora, são só amigos.

A Ide procura alguém verdadeiro, honesto, sincero e trabalhador, mas reformado! Porque ela quer viajar e curtir a vida. Ela diz ser muito provocadora e procura um homem respeitador, mas bem alegre, que goste de viver a vida, alegre, brincalhão.
Quer um bom vivant, com boa conversa e cheio de charme. Tem de ser romântico, carinhoso, atencioso.

A Ide é de bem com a vida e quer alguém igual. É muito jovem de espírito. Adora aventuras e experiências radicais, já fez parapente, asa delta e vibra com montanhas-russas.
Vive intensamente e gosta.
É muito exigente, chega a ser chata (limpezas, arrumações e higiene pessoal).

Não gosta de acordar cedo, já conquistou o direito de dormir.

Joana-O-Amor-Acontece-Tvi

Joana
Concorrente de ‘O Amor Acontece’

Idade: 30 Anos (Signo Peixes) Localidade: Zurique / Braga Profissão: Baby-Sitter

Biografia

A Joana vive na Suíça há 11 anos, onde trabalha como ama. Toma conta de 3 crianças com 4, 5 e 6 anos e é empregada doméstica. De noite, é ainda responsável pela gestão de uma empresa de limpezas. Não tem vivido mal, mas quer regressar a Portugal e conhecer um bom homem português.

Tem 4 irmãos – a irmã mais próxima também vive na Suíça, dois irmãos que vivem na Alemanha e um irmão que sofre de deficiência motora e que é o único que está em Portugal, a viver com a mãe. O pai faleceu quando a Joana tinha 5 anos, num acidente de trabalho, e dele não tem quaisquer recordações.

Aos 13 anos, Joana deixou a escola e teve de começar a cuidar do irmão e da avó acamada. Cuidava também da casa. Tudo isto obrigou-a a crescer muito cedo. Aos 14 anos já trabalhava fora.

É uma pessoa simples, humilde, trabalhadora e orgulha-se disso. É genuína e sonha encontrar alguém que a aceite tal como é.

Sabe que atualmente as pessoas da sua idade têm mais formação académica, mas responde prontamente que “formação não é sinónimo de educação”.

A Joana diz-se “super encalhada”! Tem muita facilidade em encontrar um homem para uma noite, mas nunca encontra quem fique para depois e está cansada dessa sensação. Quer uma relação estável e construir uma família.

No que toca ao amor…

Teve uma primeira relação que durou 3 anos (quando tinha 16/17 anos) com um homem 10 anos mais velho. A relação terminou porque o namorado bebia demasiado e ela percebeu que estava a limitar-se demasiado nova.

Na Suíça, viveu algumas relações imaturas, sofreu traições e enganos e foi ficando cada vez mais desiludida com o amor.

A última relação foi com um personal trainer e essa foi a relação mais toxica que viveu. Ele controlava-a, decidia aquilo que ela vestia, a forma como se penteava… e controlava até aquilo que comia (chegava a comer às escondidas porque ele controlava a sua alimentação). Este namorado chegou a pedi-la em casamento (levou-a a Paris) e foi a partir daí que percebeu que não era aquela a relação que queria para si. Cancelou o casamento e pôs fim à relação. Está sozinha há 5 anos.

O par ideal…

Prefere homens morenos e não se sente atraída por loiros. Gosta de homens com barba, que não sejam muito musculados. Não suporta homens egocêntricos e controladores, que queiram ter uma mulher “feita à sua imagem” ou que procurem alguém sofisticado, não é o seu perfil. Não quer “paus mandados”, ou demasiado lamechas – ela é pouco romântica, tem que ser divertido.

Curiosidades…

Tem mau acordar, é resmungona durante a primeira hora e não gosta de falar até beber o seu café. Já visitou Madrid, Malta, Maiorca e algumas cidades alemãs.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
114InscritosInscrever