Sexta-feira, Fevereiro 26, 2021

Sofia Alves recorda momento em que recebeu uma carta do Papa Bento XVI

Sofia Alves esteve, ontem, no ‘Alta Definição com Daniel Oliveira.

Além da declaração de amor ao marido, que aqui demos conta, Sofia Alves falou também sobre a fé.

Sou um privilegiada por ter conseguido encontrar a casa dos meus sonhos e este projeto só faz sentido quando se tem um homem maravilhoso ao lado. OCelso [Cleto] é o amor da minha vida”, disse.

“Ele é um extraordinário filho, pai, amigo e marido. E é isso que eu tento incutir no meu filho, Guilherme, que um homem tem de ser completo. Todos os dias eu rezo para ir à frente do Celso ou os dois no mesmo dia. Sem ele, não vale a pena”, acrescentou.

Sobre a religiosidade disse que “não há nada que eu faça na vida sem consultar Deus. A fé não se explica, sente-se. É uma voz interior que eu ouço, é uma forma de ter certezas, cada pessoa tem a sua forma se sentir, e esta é a minha”.

Depois falou sobre o que viveu em 2010, aquando da visita do Papa Bento XVI a Fátima.

Foi maravilhoso, foi o momento mais marcante da minha vida e onde se dá o milagre. Nessa semana, estivemos em Fátima, eu, o meu marido e os meus sogros. Fui pelo lado histórico, pela devoção, não propriamente pela simpatia pelo Papa Ratzinger”, disse.

Quando nós estamos à espera dele, dá-se uma atmosfera mística e toda a gente teve a sensação que havia algo no ar mais forte do que nos. Eu não estava preparada emocionalmente para aquele momento. Passada meia hora, o Papa entra no papa-móvel, vai à capelinha e foi um momento de silêncio. Foi o momento em que eu revi a minha vida toda, como se estivesse a ver um filme. Consegui ver a luz. Era assustador sentir-me tão vulnerável e tão arrebatada. Queres por a razão a funcionar, mas há algo mais forte do que tu. Foi o avivar da minha fé, foi um novo batismo.Senti que me encontrei”, acrescentou.

Explicou que “tive necessidade de lhe escrever, de lhe contar o que se passou comigo. Eu sempre soube que ele me ia responder, sempre soube. E uns sete ou oito meses depois, respondeu-me”.

“Tenho a carta religiosamente guardada, não vou revelar o conteúdo, mas foi pessoal. ‘Sofia, eu rezo por ti, pela tua família, tens em mim um amigo’. Ter uma resposta daquele homem, que significa tanto para mim, foi algo absolutamente fascinante”, rematou.

Avatar
Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Monforte: GNR detectou corte e poda ilegal de cerca de 3000 azinheiras

O Comando Territorial de Portalegre, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Elvas, ontem, dia 24 de fevereiro, detetou o corte rente e...

Lisboa: Os clubes nocturnos Jamaica, Tokyo e Europa mudam de espaço

Jamaica, Tokyo e Europa voltam a revolucionar Lisboa: deixam  o Cais do Sodré e mudam-se em simultâneo para o Cais do Gás.  Espaços maiores,...

‘Coimbra – História de Uma Canção’ estreia na RTP1

Coimbra volta à RTP1 através da eterna canção de Raúl Ferrão do filme Capas Negras. Uma viagem pela história da emblemática canção numa ideia original...

Siga-nos nas redes sociais

23,966FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
64InscritosInscrever