Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Manifestação juntou centenas de pessoas anti-touradas em Lisboa

Manifestação juntou centenas de pessoas anti-touradas em Lisboa
Foto: Rute Nunes e Carlos Pedroso

Manifestação juntou centenas de pessoas anti-touradas em Lisboa, em frente da Praça de Touros do Campo Pequeno.

Centenas de pessoas (não há um número exacto, mas aponta-se acima de 1000) estiveram concentradas junto à praça de touros do Campo Pequeno, em Lisboa, em protesto contra as touradas e a homenagem ao cavaleiro João Moura, gritando palavras de ordem como “assassinos” ou “vergonha“.

Desde as 18:30, os manifestantes ocuparam a frente da entrada principal do Campo Pequeno, atrás de grades colocadas para o efeito, gritaram palavras de ordem como “assassinos” ou “vergonha” e vaiam as pessoas que vão entrando para a praça.

Além dos gritos constantes e palavras de ordem, foram usados objectos como buzinas, vuvuzelas e tambores, sempre acompanhados de frases fortes.

Esta manifestação surge no seguimento de João Moura ser acusado de maus tratos a animais, que resultou na apreensão de 18 cães galgos subnutridos. O processo encontra-se na justiça, não havendo ainda qualquer desfecho.

Ontem, no Campo Pequeno, o cavaleiro foi o maior alvo dos manifestantes. Eis algumas das frases ditas: “Abaixo a tortura animal“; “É uma vergonha nacional“; “A minha homenagem vai para os galgos que sobreviveram ao João Moura“; “Tauromaquia não é cultura, é tortura“; “Pelo fim da tourada e maus-tratos“. Destacar ainda alguns cartazes com mensagens fortes também: “Criminosos homenageados, e os animais esfomeados?“; “Filho de peixe sabe nadar, ou como dizem os Moura: assassinar“; “João Moura aldrabão, o teu lugar é na prisão” ou ainda “Um criminoso nunca será um herói“.

Destacar ainda o autocarro do IRA que circulou junto do Campo Pequeno com uma faixa de 10 metros na sua lateral, com imagens dos galgos subnutridos e com a seguinte legenda: “João Moura, trouxemos os teus cães para a homenagem“.

Houve alguns momentos de tensão, com algumas garrafas a atingirem aficionados, mas situações que a PSP conseguiu controlar rapidamente.

No local estiveram também agentes da Unidade Especial de Polícia (UEP).

Manifestação juntou centenas de pessoas anti-touradas em Lisboa, destacando-se as críticas a João Moura que acabou por triunfar na corrida realizada.

Fotografias: Rute Nunes e Carlos Pedroso

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever
Corrida de Sobral de Monte Agraço 2021