Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Miguel Sousa Tavares: “Maior parte das pessoas não quer ser informada”

Miguel Sousa Tavares: "Maior parte das pessoas não quer ser informada"

Miguel Sousa Tavares: “Maior parte das pessoas não quer ser informada”, disse o jornalista a Cristina Ferreira.

Miguel Sousa Tavares foi convidado de Cristina Ferreira, no programa Cristina ComVida, para falar sobre o término da sua carreira de jornalista.

Sobre as razões, foi claro: “Uma natural que é, já fiz 45 anos de jornalismo, já chega. Outra não tão natural, porque o jornalismo pressupõe que a gente preste um serviço aos outros, que é dar informação os outros, e eu acho que hoje em dia a maior parte das pessoas não quer ser informada, pelo menos através dos jornalistas, prefere ser desinformada através das redes sociais e estão contentes com isso“.

Sente-se magoado, devido à desinformação, e lamentou que se viva numa era de notícias falsas e opiniões sem fundamento.

O olhar não mente (…) é preciso estar atento e a atenção é uma das coisas que define um bom jornalista“, concluiu.

Eu acho que tenho uma vida invejável, e a coisa mais invejável que eu tenho é a minha liberdade. Não é para me gabar, mas eu acho que sou das pessoas mais livres que conheço, e essa liberdade também depende muito de não ter redes sociais“, disse, lamentando o reflexo que as mesmas podem ter na sociedade.

Preocupa-me em termos de sociedade, por exemplo, isto que se passou agora com o Ferro Rodrigues e depois ver a reação dos leitores [no jornal online]: aquilo é nojento, é simplesmente degradante, espero que não seja um exemplo da maioria do que somos, porque se for é altamente angustiante“, concluiu.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever