Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Miguel Sousa Tavares termina carreira de jornalista: “Acho que já chega”

Miguel Sousa Tavares termina carreira de jornalista: "Acho que já chega"

Miguel Sousa Tavares termina carreira de jornalista: “Acho que já chega”, disse à revista Visão.

Após 45 anos de ligação ao jornalismo, Miguel Sousa Tavares vai entregar a carteira profissional e abandonar a actividade em definitivo.

Depois de muitas críticas, devido à entrevista a António Costa, Miguel Sousa Tavares colocará ponto final na carreira de jornalista.

A revelação foi dada à revista Visão ainda antes da polémica.

Daqui a três semanas entrego a minha carteira profissional de jornalista e deixo de fazer jornalismo. Vou continuar a ter a minha coluna de opinião no Expresso – isso, para mim, não é jornalismo – mas acabaram as reportagens, as entrevistas, isso tudo. Ponto final“, lê-se na edição desta semana. “Nunca mais faço uma entrevista na vida. A ninguém“.

Foram 45 anos a fazer jornalismo, acho que já chega. Tenho de ir saindo do palco. Não sei se a escrita será o meu modo de vida, mas vai ser, seguramente, o meu modo de sobrevivência. É isso que me vai ajudar a não perder o juízo… Vai ser a minha bengala. Nunca vou deixar de escrever“, continuou.

Desilusão por não poder fazer coisas que antes se faziam e hoje esbarram sempre na mesma resposta: não há meios. É dramático. Eu dirigi a Grande Reportagem, onde havia quatro jornalistas, eu e um fotógrafo, não tínhamos muitos meios mas conseguíamos fazer coisas. O ‘não há meios’ atual é terrível“, disse sobre os motivos do término de carreira.

Quantos enviados especiais temos no Afeganistão? Zero. Há 20 anos não seria assim, se calhar estariam lá dois ou três. É uma tristeza, ninguém vai a lado nenhum. Mesmo os grandes meios têm um correspondente em Bruxelas, outro em Washington, às vezes um em Madrid, e acabou…“, lamentou.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever