Sanjoaninas: Despique Moura Jr. e Bastinhas e Tiago Pamplona a merecer mais oportunidades no continente

Sanjoaninas: Despique Moura Jr. e Bastinhas e Tiago Pamplona a merecer mais oportunidades no continente, marcou a primeira corrida do certame.

Sanjoaninas: Despique Moura Jr. e Bastinhas e Tiago Pamplona a merecer mais oportunidades no continente

Texto: Rui Lavrador
Fotografia: Paulo Gil

A Praça de Touros da Terceira, nos Açores, recebeu a primeira corrida das Sanjoaninas 2022, este sábado, 18 de Junho. Praça com 3/4 da sua lotação preenchida e um ambiente de grande afición e classe.

Tiago Pamplona, João Moura Jr., Marcos Bastinhas, Forcados Amadores de Montemor e Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense enfrentaram touros de João Gaspar.

Um curro de João Gaspar que deu excelente jogo aos cavaleiros, excepto o 4º. Touros muito bem apresentados, distintos de comportamento, a exigirem aos cavaleiros arte de toureio e aos quais não valia a pena trazer lide estudada de casa. Os dois grupos de forcados realizaram ambos uma boa prestação.

Tiago Pamplona abriu as actuações com uma lide em que os dois compridos foram cravados à tira e com reuniões não muito cingidas. O primeiro curto resultou descaído, após uma boa brega e preparação da sorte. A actuação subiu de nível a partir do segundo curto. Sorte desenhada de frente, abrindo quarteio e cravando como mandam as regras. Tiago conseguiu a partir deste momento ter o público do seu lado e tributando-lhe sonoros aplausos, fruto da raça, brega e intensidade colocadas na sua lide, mostrando atributos que lhe deveriam conceder mais presenças nas praças continentais. Cavaleiro com qualidade, sentido de lide e concepcão clássica. Terminou com um palmito e com o público num alvoroço. Actuação positiva do cavaleiro Terceirense.

Bernardo Dentinho, por Montemor, concretizou a pega ao segundo intento. No primeiro, o touro fugiu ao grupo e acabou por derrotar o forcado. Na segunda tentativa, o grupo corrigiu e resolveu com competência e efectividade a pega, de forma segura.

João Moura Jr. teve por diante um touro distraído e por vezes desinteressado mesmo da lide. O cavaleiro teve de porfiar muito e sacar dos conhecimentos todos para levar a água ao moinho, entenda-se a lide a bom porto. Com uma brega com marca da casa Moura, as sortes foram bem desenhados, pecando apenas em algumas reuniões, não saindo tão ajustadas como desejável. O touro veio a menos e obrigou o cavaleiro a esforço extra para deixar o último ferro. Lide regular de Moura Jr., perante um touro complicado.

Francisco Matos, da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, concretizou a pega ao segundo intento, numa excelente execução. Já na primeira esteve muito bem, faltando apenas o grupo ter conseguido fechar.

Marcos Bastinhas está numa temporada verdadeiramente importante para a sua carreira. A mostrar-se lidador, a enfrentar os infortúnios com a tranquilidade de quem sabe que dará a volta, fruto de uma maturidade pessoal e profissional adquiridas. Iniciou a actuação recebendo o touro à porta dos curros, para depois dobrar-se com o oponente. A cravagem comprida resultou irregular, com o primeiro ferro a ficar descaído, o segundo a não ficar cravado e o terceiro, sim, a resultar bem. Nos curtos elevou o nível da lide com muita inteligência, primeiro apostando em sortes frontais e dando todas as vantagens ao touro, com dois excelentes ferros, quer no desenho da sorte, quer na reunião e, depois, apostando claramente nos cites em levada e desenho da sorte com a montada a avançar em círculo, até abrir quarteio de forma a permitir a reunião correcta com o touro. Lide de apoteose por parte do público Terceirense.

Francisco Borges, pelos Amadores de Montemor, concretizou a pega ao primeiro intento.

A segunda lide de Tiago Pamplona foi muito complicada, perante um touro que dificultou ao máximo a tarefa do ginete. Actuação em que o cavaleiro teve de suar muito para conseguir cumprir a função. Sem música, sem aplausos e um esforço enorme do cavaleiro, perante um astado que não lhe facilitou um palmo de terreno.

Luís Sousa, pelos Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, concretizou a pega ao primeiro intento, perante um oponente que voltou a nada facilitar.

A segunda lide de João Moura Jr. foi de franca boa nota e com forte galvanização do público Terceirense. Uma actuação toda ela baseada numa brega de forte proximidade com o touro, enchendo-lhe a cara e levando-o a perseguir sempre a montada. Moura Jr. juntou depois sortes bem desenhadas à extraordinária brega que atrás referimos. Terminou com a cravagem de um ferro, desenhando a já afamada sorte ‘Mourina’. Público em sonoro e prolongado aplauso.

João Vacas de Carvalho, por Montemor, concretizou ao primeiro intento, numa boa execução.

Volta para forcado, cavaleiro e o cavalo Hostil, com o qual Moura Jr. brilhou na fase final da sua lide.

As lides equestres encerraram com uma actuação a cargo de Marcos Bastinhas. Uma lide toda ela em crescendo, a responder com classe, raça e ambição à anterior actuação de Moura Jr. Um despique e competição daquelas que fazem aficionados. Marcos destacou-se nos curtos, subindo aí a fasquia da sua actuação com sortes bem desenhadas e a cravar correctamente. Destaque ainda para um ferro cravado em sorte ‘Mourina’ e o já habitual par de bandarilhas.

Carlos Vieira, pelos Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, concretizou a pega ao primeiro intento.

Volta para forcado, cavaleiro e o cavalo Lexus, com o qual Marcos terminou a sua lide.

Em resumo um despique entre Moura Jr. e Bastinhas na arena que agradou aos aficionados e uma lide de muito boa nota de Tiago Pamplona a pedir, e a merecer, mais oportunidades no continente. Na área dos forcados, dois grupos a responderem muito bem e um curro de touros que agradou bastante, excepto o 4º da ordem.

A corrida foi dirigida com acerto pelo director Mário Martins, assessorado pelo veterinário José Paulo Lima.

A corrida foi abrilhantada pela Banda Filarmónica da Feira Taurina de São João, que é constituída por músicos de várias filarmónicas locais.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,406FãsCurtir
12,869SeguidoresSeguir
268SeguidoresSeguir
173InscritosInscrever