Segunda-feira, Junho 14, 2021

Ana Moura anuncia concertos em Lisboa e Porto

Ana Moura anuncia concertos em Lisboa e Porto

Ana Moura anuncia concertos em Lisboa e Porto.

Ana Moura integra o cartaz da 2ª edição do Santa Casa Portugal ao Vivo, com duas datas em junho deste ano. A fadista sobe ao palco do Campo Pequeno no dia 19, e no dia 25 do mesmo mês, atua ao vivo no Super Bock Arena Pavilhão Rosa Mota.

A fadista reclama a liberdade de ser artista sem rótulos e limites com o novo single, “Andorinhas”. O tema, que fala dessa mesma liberdade que os verdadeiros artistas usam sempre como motor de criatividade, tem África e balanço universal dentro, comove e faz dançar e é servido, no seu extraordinário vídeo, por uma moderna linguagem visual.

Estas datas coincidem com as dos espetáculos de Casal da Treta que, por motivos de força maior cancelaram a sua digressão, incluindo a passagem pela 2ª edição do Santa Casa Portugal ao Vivo.

Os bilhetes já se encontram à venda em Ticketline.pt.

Para mais informações, poderá contactar através de ticketing@everythingisnew.pt.

De forma a dar continuidade à parceria entre a Everything is New e a PEV Entertainment, e à semelhança da 1ª edição, vão ser produzidos, em simultâneo, 10 espetáculos em Lisboa, no Campo Pequeno, e 10 espetáculos no Porto, no Super Bock Arena Pavilhão Rosa Mota, num total de 20 espetáculos, com início a 21 de maio e fim a 26 de junho.

Ainda sobre a premissa de “Cultura para Todos” e com o objetivo da retoma e incentivo à Cultura em Portugal, nesta segunda edição, a Santa Casa volta a associar-se à iniciativa enquanto naming sponsor, reforçando o apelo à urgência de voltar a trazer a cultura ao dia a dia de todos os portugueses. Uma necessidade que quer promover o reencontro entre o público e artistas, prometendo trazer aos palcos o melhor da música e da comédia nacional.

De modo a garantir a segurança de todos, e a manter o lema de que “A Cultura é Segura”, cada espetáculo é pensado com base no cumprimento rigoroso das normas impostas pela Direção Geral de Saúde (DGS). O uso de máscaras é obrigatório, num espaço delimitado para o efeito, onde todos os lugares estarão identificados, cumprindo o distanciamento obrigatório entre os espectadores que não façam parte do mesmo agregado. Por último, de modo a evitar qualquer tipo de congestionamento entre pessoas, todas as entradas e saídas terão circuitos próprios com a devida sinalização.

Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,945FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
95InscritosInscrever