Segunda-feira, Setembro 27, 2021

Fernando Medina pede desculpas publicamente

Fernando Medina pede desculpas publicamente

Fernando Medina pede desculpas publicamente, após polémica com a cedência de dados de activistas à Rússia.

O autarca defende que foi “um erro lamentável que não devia ter acontecido” e que quer fazer um pedido de desculpa público aos três manifestantes. Em declarações aos jornalistas, Medina explicou que “Lisboa orgulha-se de ser um espaço de liberdade, de segurança, de expressão e valorização dos direito humanos” que inclui o direito à manifestação em segurança.

Medina aponta ainda que há uma segunda razão pela qual este “erro lamentável” não deveria ter acontecido. “A segunda razão é a própria causa que está envolvida; a posição de Portugal e da UE tem sido de sintonia com os manifestantes de grande preocupação com os direitos humanos“, apontou, referindo-se ao opositor russo Navalny.

Quero fazer um pedido de desculpas público em nome da CML aos promotores da iniciativa por as coisas terem acontecido como aconteceram e não deveriam ter acontecido“, sublinhou.

O autarca explica ainda que o erro se deveu a uma questão burocrática dos serviços que aplicaram nesta manifestação “aquilo que aplicam nas dezenas de manifestações que acontecem em Lisboa sobre os mais diversos motivos“.

Esta informação não podia nem devia ter sido transmitida“, assume ainda.

Antes, já a Câmara Municipal de Lisboa tinha emitido um comunicado.

https://www.facebook.com/310292928990664/videos/156707836439425

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever