Quinta-feira, Maio 6, 2021

Melhores dicas para proteger seus dados de trabalho durante a viagem

Apesar das reduções de voos e queda do setor turístico durante a pandemia, muitas pessoas precisam viajar a trabalho tanto para território nacional quanto internacional.

Por isso, reuni algumas dicas para você aumentar a segurança dos seus aparelhos e dos materiais que estão armazenados neles e assim, fazer com que hackers fiquem distantes dos seus contatos, dados pessoais, contratos, etc.

Atualize seu dispositivo 

Certifique-se de que seu dispositivo e software antivírus estejam atualizados. O ideal é ter certeza de que as atualizações estejam em vigor antes de embarcar, para reduzir as chances de infecção por vírus e outros malwares.

Utilize softwares seguros

Para realizar os seus trabalhos dê preferência aos programas que utilizam serviço de criptografia, principalmente aqueles que são utilizados para a comunicação, seja via chat, e-mail ou videoconferências. Como a VPNOverview explica, há uma infinidade de opções de plataformas, porém há diferenças entre elas na forma de armazenar os dados e na segurança que elas oferecem ao usuário. 

Cuidado com Wi-Fi

Boa parte dos viajantes utilizam Wi-Fi gratuitos disponíveis em hotéis, aeroportos etc. Entretanto, eles podem estar expondo as senhas e outras informações confidenciais a hackers que tem facilidade para acessar o sistema desta rede. Desta forma, evite utilizar estes Wi-Fis ou opte por utilizar uma VPN para proteger sua conexão. 

Tenha um backup

Esta é uma medida preventiva essencial. Pois, caso o seu dispositivo seja interceptado, roubado ou até mesmo ocorra algum acidente, você não irá perder todo o seu trabalho. Por isso, armazene os arquivos importantes na nuvem – claro, de maneira segura –, ou em um disco rígido externo. 

Atenção com os seus dispositivos

Não deixe os seus dispositivos sem supervisão. Evite deixar em quartos de hotéis, principalmente se você estiver trabalhando com informações confidenciais, pois caso alguém tenha acesso ao seu dispositivo, pode instalar um keylogger, obter a sua senha e posteriormente descriptografar os seus dados. Por isso, se não puder levar o dispositivo com você, opte por colocar no cofre do quarto (caso este esteja disponível no cómodo).

Utilize uma autenticação Multifator

Uma autenticação multifator é quando além da senha do usuário, há outra proteção adicional, como uma pergunta secreta, PIN ou impressão digital. Esta medida minimiza os problemas caso a senha do seu dispositivo seja descoberta por terceiros, já que para ter acesso aos programas e arquivos, é necessário realizar todas as formas de autenticação. 

Desative a conectividade de bluetooth

O mesmo que foi falado sobre o Wi-Fi gratuito, serve para o Bluetooth, pois, como o sinal pode vir de qualquer local, hackers podem invadir facilmente o seu dispositivo por esta rede. É comum, os usuários esquecerem a conectividade do bluetooth ativa. Esta ação, além de gastar uma grande quantidade de bateria, facilita a ação destes criminosos. Portanto, a orientação é: desative sempre que possível quando não estiver utilizando o serviço. 

Cuidado com as redes sociais!

Ok, esta dica é mais para a sua segurança pessoal do que para os seus dados, isto porque, muitas vezes, os criminosos procuram informações da vítima nas redes sociais. E se ela é bastante ativa no instagram, facebook e/ou twitter, a tarefa fica mais fácil para eles. Pois,  além deles saberem exatamente onde a vítima está, é mais difícil dela notar atividades incomuns, se ela estiver fora de casa. Desta maneira, opte por compartilhar as suas viagens apenas com pessoas próximas e evite utilizar o modo público nas configurações de privacidade dos seus perfis.

Avatar
Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,970FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
87InscritosInscrever