Domingo, Maio 16, 2021

Acabou a tauromaquia em Albufeira. Novos donos da Praça de Touros não querem touradas

A Tauromaquia em Albufeira terminou, a informação foi hoje revelada pela Agência Lusa, que dá conta da venda da Praça de Touros de Albufeira a investidores privados que vão reabilitar todo o recinto e sua envolvente.

Os novos proprietários planeiam reabilitar o complexo urbanístico, disse à Lusa um responsável da empresa que adquiriu o espaço. O complexo urbanístico, com 12 mil metros quadrados, compreende 40 apartamentos, um centro comercial, onde funcionou um cinema, uma discoteca e um bingo, assim como a Praça de Touros, desativada desde o final de 2019.

O nosso objetivo é fazer uma reabilitação urbana de toda a zona, preservando a memória e identidade da praça de touros na cidade”, afirmou à Lusa Jorge Duarte, responsável administrativo da Corcova no Algarve – Investimentos Turísticos e Imobiliários, S.A -, que adquiriu o complexo em 2020.

Questionado quanto à solução a dar à área ocupada pela arena, Jorge Duarte revelou estar “ainda em projeto”, sendo algo que está a ser estudado entre os promotores e a autarquia, mas sublinhou que “em termos de estrutura de touradas, terminou”.

Todo o complexo é “uma licença habitacional que tem uma fração que é a Praça de Touros”, esclareceu aquele responsável, realçando que a intenção é transformar essa fração em algo que “seja agradável”.

Quanto à hipótese de vir a ser “uma sala de espetáculos, apartamentos ou um centro comercial” é algo que “ainda não está determinado”, frisou.

Além disso, a estrutura habitacional está “muito degradada” e necessita ainda de uma intervenção. Já um outro lote, antes usado como parque pelos veículos de transporte e para o aquecimento dos animais, vai agora ser convertido num silo automóvel e supermercado, disse à Lusa João Pedro Rosa, da Metropark, empresa responsável pelo projeto. Fonte da Câmara de Albufeira confirmou à Lusa a desativação da Praça de Touros, cujas touradas se realizavam já por acordo entre os antigos proprietários e o promotor das corridas, algo que terminou aquando da aquisição do complexo pela Corcova.

Texto: Infocul/Lusa

Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,969FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
89InscritosInscrever