Domingo, Outubro 24, 2021

António Núncio destacou-se na Póvoa de São Miguel frente aos Conde de la Corte

António Núncio destacou-se na Póvoa de São Miguel frente aos Conde de la Corte

António Núncio destacou-se na Póvoa de São Miguel frente aos Conde de la Corte, na corrida de touros realizada este sábado.

A Praça de Touros da Póvoa de São Miguel recebeu, este sábado, uma corrida de touros, que tinha como destaque maior o curro de touros da ganadaria Conde de la Corte. O cartel era, ainda, composto pelos cavaleiros António Brito Paes, Tiago Carreiras, João Salgueiro da Costa e António Núncio e os forcados amadores de Cascais, Póvoa de São Miguel e Académicos de Coimbra.

Texto e Fotografias: Roberto Pingas Rodrigues

Início da corrida com homenagem por parte do grupo de Forcados Amadores da Póvoa de São Miguel e Académicos de Coimbra ao grupo forcados amadores de Cascais em comemoração dos seus 40 anos.

Abriram as atuações, em duo, António Brito Paes e António Núncio frente ao touro nº50 da ganadaria Conde de la Corte, lide essa que pouco transmitiu ao público. Estiveram bem na brega, bem no desenho das sortes mas faltou touro no final da lide. Este touro foi pegado pelos Amadores de Cascais sendo cara Ricardo Silva que consumou à 1ª tentativa.

Frente ao touro nº51, actuaram, em duo, Tiago Carreiras e João Salgueiro da Costa, com mais touro, mas também não cativaram a atenção do público apesar de ferros de boa nota. Para este segundo touro coube ao Grupo da Povoa de S. Miguel pegar, por Ruben Torrado consomando à 1ª tentativa.

Nas actuações individuais, Brito Paes, com um toiro a ir de mais a menos, esteve bem na brega e contínuo nas sortes bem desenhadas. O touro nº52 acusou cansaço no final da lide, obrigando António a cravar ferros a sesgo para dar ao público o que este exigia. Pegou Rui Castro Pita à 2ª tentativa na sua despedida enquanto forcado com o seu grupo, Académicos de Coimbra, a homenageá-lo assim.  

Tiago Carreiras a solo teve uma lide complicada e pouco conseguida. Levou vários toques na montada, fazendo com que o diretor não concedesse música ao cavaleiro. O touro nº53 adiantava-se muito e Tiago não conseguiu dar-lhe a volta da melhor maneira. Para a cara deste touro foi Roberto Alexandre, pelos Amadores de Cascais, consumando à 2ª tentativa.

João Salgueiro da Costa teve uma lide muito complicada com um toiro complicado que só investia mesmo para fazer mal, João Salgueiro teve que encurtrar mais os terrenos para assim rematar as sortes. Excelente na brega, sensatez na lide e sortes bem desenhadas. Pegou Fábio Madeira à 2ª tentativa, depois de na primeira o touro ter fugido ao grupo tendo um comportamento diferente dos anteriores e dando dois derrotes no forcado da cara.

António Núncio abriu a sua lide a solo com 3 ferros com sortes a tira. Saiu-lhe o melhor touro da tarde e António aproveitou a oportunidade que sabe Deus quem lha deu. Entre sortes de frente com batida ao píton contrário e sortes à tira compuseram a excelente lide de António. Guilherme de Carvalho, pelos Académicos de Elvas, consumou a pega à 1ª tentativa numa excelente pega, estando bem a citar, bem a recuar mesmo recuando pouco e bem na espera pelo momento exacto para se agarrar na cara do touro, bem do inicio ao fim.

O curro de touros Conde de la Corte saíram bem de apresentação, nobres e a cumprir a sua função. A praça teve uma excelente afluência de público criando um ambiente agradável.

Director: Marco Gomes
Veterinário: Matias Guilherme 
Cornetim: Ricardo Fernandes

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
114InscritosInscrever