Sábado, Julho 24, 2021

Aeroporto de Lisboa reabre Terminal 2 a 1 de Julho

Aeroporto de Lisboa reabre Terminal 2 a 1 de Julho

Com o aumento de tráfego, ainda que reduzido comparado com valores de 2019, a ANA Aeroportos de Portugal decidiu proceder à reabertura do T2 no próximo dia 1 de julho.

A ANA informa todos os passageiros que o check-in e embarque das viagens marcadas a partir das 4H00 horas do dia 1 de julho, através das companhias áreas Blue Air, EasyJet, Norwegian, Transavia e Ryanair serão efetuadas no T2, pelo que devem deslocar-se para este Terminal. Os passageiros com voo marcado com a Wizzair devem verificar, com a companhia aérea, qual o terminal de embarque.

Durante o período em que este Terminal esteve sem atividade comercial, a ANA teve oportunidade de iniciar intervenções de melhoramento e modernização do T2, nomeadamente, a expansão da área de embarque Non-Schengen, a reformulação e ampliação de instalações sanitárias e a criação de uma nova área de espera. Também em parceria com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, estarão disponíveis 5 egates de controlo de fronteira, de última geração, para passageiros maiores de idade, com passaporte eletrónico europeu ou cartão de cidadão português.

A retoma da operação no T2 irá permitir recuperar o normal funcionamento das companhias aéreas que aí desenvolvem a sua atividade, assegurando as necessárias condições de segurança sanitária aos passageiros. Os aeroportos portugueses foram distinguidos e certificados por entidades nacionais e internacionais – Turismo de Portugal, Airport Council International e Bureau Veritas.

O Terminal 2 do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai retomar a operação, suspensa desde 30 de março de 2020.  No início da crise pandémica os voos comerciais do T2 foram realocados no Terminal 1, tendo este espaço sido utilizado, unicamente, para voos especiais de apoio ao SNS e voos humanitários.

MEDIDAS IMPLEMENTADAS NOS AEROPORTOS

Desde o início da crise pandémica, a ANA Aeroportos de Portugal e a VINCI Airports, implementaram medidas de proteção, em sintonia com as diretrizes das entidades de saúde, adicionando medidas e reforçando procedimentos sempre que necessário.

Percebendo a importância de continuar a assegurar o transporte aéreo e com o objetivo de garantir a segurança e confiança aos seus passageiros, a ANA Aeroportos de Portugal e a VINCI Airports prepararam os seus aeroportos, com base nos mais altos padrões de qualidade de serviço.

Para além de seguir as orientações das entidades de Saúde, a ANA Aeroportos de Portugal promove o desenvolvimento da inovação aplicada à operação aeroportuária com vista a aumentar a segurança sanitária e a melhorar a experiência do passageiro. Foi implementada uma plataforma digital – U-monitor – que acompanha as medidas sanitárias e regista o feedback dos passageiros com resposta em tempo real através do QR-code. Além disso, foram aplicadas novas soluções contactless e utilizados equipamento de desinfeção com avançada tecnologia.

Para além das recomendações de distanciamento físico – através de sinalética e adequação dos espaços -, de reforço da limpeza e desinfeção, com utilização dos procedimentos mais inovadores, medição de temperatura a todos os passageiros que chegam, foram ajustados os fluxos de passageiros de forma a prevenir concentrações e implementada uma forte campanha de comunicação/informação aos passageiros (“Protecting each other” – VINCI Airports – implementada nos 45 aeroportos da rede, dando as mesmas referências visuais aos passageiros em todos os seus aeroportos). Esta campanha baseia-se em recomendações de higiene emitidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO).

Em junho de 2020 a ANA recebeu a distinção do selo CLEAN & SAFE do Turismo de Portugal atribuída aos seus aeroportos, e em setembro de 2020 a certificação da Bureau Veritas que resulta de um processo rigoroso de auditoria.

Os aeroportos portugueses foram também distinguidos pela ACI (Airport Coucil International), tendo sido destacado o compromisso e responsabilidade na aplicação das medidas sanitárias.

O aeroporto de Lisboa foi distinguido como Best European Airport 2020, na sua categoria, pelo ACI.

A ANA está totalmente empenhada em contribuir para o esforço nacional de mitigação dos riscos assegurando, com a maior segurança possível, a continuidade do serviço público, a operação nos Aeroportos de Portugal.

Fonte: ANA

Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
101InscritosInscrever