Terça-feira, Abril 20, 2021

Alverca do Ribatejo: Detidas 5 pessoas e apreendida embarcação suspeita de utilização no tráfico de droga

A Unidade Central de Investigação Criminal da Polícia Marítima (UCIC) efetuou na madrugada de 08 de março, em Alverca do Ribatejo, uma operação com o Grupo de Ações Táticas (GAT) da Polícia Marítima na qual deteve cinco pessoas e apreendeu um camião TIR, quatro viaturas ligeiras, uma embarcação de alta-velocidade suspeita de ser utilizada em operações de tráfico de droga, seis toneladas de combustível, vários equipamentos de telecomunicações e cerca de treze mil euros em dinheiro.

​Esta operação foi realizada na sequência de uma investigação da Unidade Central de Investigação Criminal da Polícia Marítima que decorre desde 2019, devido a suspeitas de que alguns portos de Portugal Continental estavam a ser utilizados como polo de entrada e de saída de embarcações destinadas ao tráfico de estupefacientes por via marítima, tendo as suspeitas sido consolidadas com o aparecimento de vários depósitos de combustível ao longo de alguns estuários em Portugal Continental.

Durante esta operação, foi detetado um camião TIR, com quatro viaturas ligeiras junto do mesmo, tendo sido constatado, em flagrante, o momento em que foi retirada do interior do camião e colocada no rio uma embarcação de alta velocidade, com o apoio de uma grua. Junto do local encontravam-se também cinco pessoas que se preparavam para sair na embarcação no momento em que foram intercetadas pela Polícia Marítima.

Esta embarcação, sem registo e equipada com três motores de elevada potência, era alegadamente destinada ao tráfico de droga, considerando o modo de operar e as suas tipificações, estando abastecida com três toneladas de combustível e tendo no seu interior aproximadamente mais três toneladas de combustível acondicionado em 157 depósitos.

Foram também apreendidos equipamentos de telecomunicações, entre eles telefones satélite, bem como cerca de treze mil euros em dinheiro, que estavam na posse das pessoas detidas.

As cinco pessoas detidas foram constituídas arguidas, sendo três de nacionalidade portuguesa e duas de nacionalidade espanhola.

As investigações relativas a este caso irão continuar.

Fonte: Autoridade Marítima Nacional

Avatar
Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,981FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
84InscritosInscrever