Terça-feira, Junho 15, 2021

Andreia Rodrigues como mãe: “Há dias em que me sinto péssima”

Andreia Rodrigues como mãe: "Há dias em que me sinto péssima"

Andreia Rodrigues como mãe: “Há dias em que me sinto péssima”, disse, hoje, a Júlia Pinheiro, na SIC.

A apresentadora leva para as gravações do programa da SIC, Quem quer namorar com o agricultor?, as filhas Alice e Inês, como aqui demos conta.

Os primeiros dias com a Inês foram desafiantes, pela gestão com Alice, que continua a ser uma bebé – tem três anos e quando a irmã nasceu ainda nem os tinha feito. E há dias mais desafiantes, correram algumas lágrimas. Faz parte. Há dias em que me sinto péssima outros em que acho que sou fantástica”, disse.

Quando [a Alice] começou a perceber que tinha uma irmã – eu acredito que não é fácil para uma bebé que tem um pai, a mãe, toda a atenção toda para ela – e, de repente, a mãe fica ‘ausente’… Eu estou presente numa série de coisas, sempre na medida máxima que posso, mas há alturas que não dá porque a irmã está a mamar, a chorar, com uma cólica… e é no meu colo que ela se acalma“, referiu.

E aí é claro que não consigo estar para a Alice na mesma medida. Houve alturas em que me senti culpada por isso (…) Mas estes quase três meses de vida da minha filha mais nova têm-me trazido imensa calma, tranquilidade”, acrescentou ainda.

Acabei por viver a gravidez muito fechada, protegi-me o mais que pude, porque era uma forma que eu tinha de proteger a Inês. Mas eu costumo dizer que ela é que nos veio proteger, porque o facto de a ter dentro de mim fez com que eu protegesse muito mais os que estavam à nossa volta”, concluiu Andreia Rodrigues, falando sobre a gravidez durante a pandemia.

Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,945FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
95InscritosInscrever