Quinta-feira, Junho 17, 2021

Bronca no CDS: Adolfo Mesquita Nunes abandona Conselho Nacional e diz “não posso acompanhar esta decisão ilegal da Mesa”

Acabo de abandonar o Conselho Nacional do CDS. A Mesa do Conselho Nacional recusou-se a aceitar um parecer vinculativo da Jurisdição do partido que obriga as moções de confiança a serem votadas por voto secreto. Foi uma violação dos Estatutos. Não querem um congresso, não querem ouvir os militantes e agora não querem sequer ouvir a liberdade dos conselheiros em voto secreto. Não posso acompanhar esta decisão ilegal da Mesa do Conselho Nacional. Que não haja equívocos: eu estou no partido, eu continuo no partido, apenas não estou numa decisão ilegal nem participo nela“, escreveu nas redes sociais.

Relembrar que Adolfo Mesquita Nunes assumiu vontade em liderar o CDS-PP e desafiou Francisco Rodrigues dos Santos a avançar para um congresso.

Francisco Rodrigues dos Santos, por sua vez, decidiu apresentar uma moção de confiança no Conselho Nacional do CDS, a qual será votada hoje.

Redacçãohttp://www.infocul.pt
Redacção oficial do site infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,945FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
98InscritosInscrever