Bruno de Carvalho recorda ataque à academia do Sporting

Bruno de Carvalho recorda ataque à academia do Sporting

Bruno de Carvalho recorda ataque à academia do Sporting, numa conversa, esta tarde, com Jaciara e Liliana, no Big Brother Famosos.

Tens aqui um conjunto de jornalistas porque se falava – e era verdade – na possibilidade do treinador se ir embora. Há um jornalista destes todos que tem uma câmara apontada para uma manada de vacas. A sorte de, por detrás de uma manada de vacas, aparecer um grupo de pessoas e bater nos jogadores, este cameraman é abençoado por Deus! Só isso a mim já me diz tudo sobre o que se passou ali“, disse.

Depois, tens cenas tão ridículas quanto esta: imagina que vinham aqui para nos bater e eu não estava lá devido a outra “invenção” que, por acaso, o mesmo jornal que estava a apontar para as vacas conseguiu sempre o mesmo, coincidência! E inventaram uma coisa gravíssima nesse próprio dia, fizeram manchete que a minha direção tinha “comprado” resultados, aquilo deu um sururu lá no Sporting…“, acrescentou.

A Academia tinha lá vários sítios onde os jogadores podiam ter fugido e nunca mais os viam, tinhas a porta que dava para a parte da formação e era só ir embora. Estava tudo aberto, mas houve alguém que os encaminhou tipo carneirinhos para um sítio onde foi mais fácil lhes baterem“, explicou.

Essa pessoa responsável da segurança nem foi investigada, porque apareceu como testemunha contra mim. Portanto, eu tinha que ser um burro num crime que era facilmente abortável“, revelou. “Foi muito mau o que se passou, foi horroroso, não se faz e ainda bem que as pessoas que o fizeram pagaram“, rematou.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
128InscritosInscrever