Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Carlos Cruz defende inocência em casos de pedofilia

Carlos Cruz defende inocência em casos de pedofilia

Carlos Cruz defende inocência em casos de pedofilia, referentes ao processo Casa Pia.

Carlos Cruz foi, hoje, convidado do programa ‘Goucha, na TVI.

O antigo apresentador recordou o processo Casa Pia, em que foi acusado de abusos sexuais, e quando esteve preso. “Sobrou o homem que já era. Não alterei de maneira nenhuma a minha personalidade, os meus valores. Graças à influência do meu pai deu para absorver a partir dele os valores que tenho“, disse.

“Sobra um misto de homem e de cidadão. O homem é o mesmo, com os valores que sempre tive: verdade, justiça, e não traição (…). Depois há o cidadão. É um ser que é formado pela sociedade“, acrescentou aquele que em tempos foi chamado “Senhor Televisão”.

Nós como cidadãos, tal como o poder, somos aquilo que fazem de nós e essa imagem não é totalmente verdade. O que me sobra como cidadão é uma pessoa triste, desiludida com o país, atraiçoado pelo país, marginalizado de alguma forma pelo país, tudo fruto de um processo inventado, criado e inventado de forma a me destruir“, explicou.

Eu sei que sou inocente, as pessoas que me acusaram sabem que estou inocente e as pessoas que me julgaram sabem que estou inocente“, garantiu.

Carlos Cruz garantiu ter sido julgado na praça pública e prejudicado pela imprensa que inventou notícias sem provas. Carlos Cruz quer continuar a provar a sua inocência e pediu um novo julgamento.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
114InscritosInscrever