Terça-feira, Agosto 3, 2021

Conheça os vencedores do Prémio Nacional de Turismo

Os vencedores da 2ª edição do Prémio Nacional de Turismo (PNT 2020) foram ontem conhecidos num evento virtual que celebrou a capacidade do sector em mostrar que é possível viajar e fazer férias de forma segura em Portugal, apesar da pandemia. A iniciativa, organizada em parceria entre o BPI e o semanário Expresso, reuniu a participação de mais de 400 negócios, projetos e personalidades.

Mário Pereira Gonçalves, histórico presidente da AHRESP – Associação de Hotelaria, Restauração e Similares, foi homenageado com o Prémio Carreira, pelo seu contributo para o desenvolvimento e qualificação da Restauração e da Hotelaria.

Nas cinco categorias a concurso o júri decidiu reconhecer as seguintes empresas e iniciativas:

Turismo em Rede (Vencedor): Book in Xisto – Liderada pela ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto, esta plataforma digital de comércio justo permite reservar alojamentos, restaurantes e experiências nas 27 Aldeias do Xisto.

Turismo Autêntico (Vencedor): Casa de São Lourenço – Único hotel de 5 estrelas localizado na Serra da Estrela, resulta da remodelação de uma das primeiras Pousadas de Portugal e distingue-se pela promoção e valorização do património da região. (Menção Honrosa): Grande Rota Peneda Gerês (GR50) – Com cerca de 200 km, distribuídos por 19 etapas, a GR 50 atravessa o Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Turismo Sustentável (Vencedor): Projeto da Certificação dos Açores como Destino Turístico Sustentável – Liderado pela Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, o projeto permitiu aos Açores tornarem-se o primeiro arquipélago no Mundo a alcançar certificação internacional de destino sustentável, por uma entidade acreditada pelo Conselho Global de Turismo Sustentável.

Turismo Inteligente (Vencedor): Envision@Pestana – Programa de open innovation para colaboradores do Grupo Pestana que, entre outros projetos e iniciativas, permite a exploração de soluções, de forma colaborativa e social, para os desafios da organização. (Menção Honrosa): Smart Resort – ferramenta de business intelligence para apoio à gestão dos empreendimentos turísticos de Vale do Lobo, Dunas Douradas e Vale do Garrão.

Turismo de Confiança (Vencedor): Selo “Clean & Safe” – Criado pelo Turismo de Portugal para dar resposta aos desafios sanitários da pandemia, o selo “Clean & Safe” distingue as empresas do setor do Turismo que cumprem as recomendações da DireçãoGeral da Saúde para evitar a contaminação dos espaços com o novo coronavírus.

Pedro Barreto, Administrador Executivo do BPI, destacou que “o Prémio Nacional de Turismo está consolidado como o grande evento de celebração da resiliência e da capacidade de inovação num sector que tem sido e continuará a ser um dos eixos de crescimento do país. Apesar dos desafios colocados pela pandemia, os operadores turísticos continuam apostados em promover um turismo autêntico e sustentável e em investir na transformação digital. E podem contar com o apoio do BPI no financiamento de todos os bons projetos e na promoção de um turismo inteligente e sustentável”.

O PNT foi criado com o objetivo de premiar as empresas portuguesas que se distingam como casos de sucesso no setor do turismo. A edição de 2020 foi adaptada, para se ajustar aos fatores a que o setor tem de dar resposta no âmbito da pandemia e aos novos desafios que se anteveem, baseando-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A iniciativa do BPI e do semanário Expresso conta com o alto patrocínio do Ministério da Economia e da Transição Digital, o apoio institucional do Turismo de Portugal, IP, e o apoio da Deloitte, como knowledge partner. O PNT 2020 recebeu 401 candidaturas e nomeações de empresas turísticas de todo o país.Deste total, 41% dizem respeito a Turismo Autêntico, 15% a Turismo em Rede, 18% a Turismo de Confiança, 9% a Turismo Inteligente e 17% a Turismo Sustentável. Foram também efetuadas 36 nomeações destinadas à categoria especial “Carreira”. A qualidade das candidaturas foi avaliada por Comités Técnicos e por um Júri, constituído por representantes de diferentes quadrantes da sociedade portuguesa. Qualidade e inovação da oferta, satisfação do cliente, qualificação ambiental, performance operacional e contributo para o desenvolvimento turístico foram alguns dos critérios considerados para essa avaliação e eleição dos vencedores.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
102InscritosInscrever