Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Governo prevê confinamento geral até Março e restaurantes apenas reabrem no final de Abril

O Correio da Manhã noticia, hoje, que “as medidas restritivas de combate à pandemia da Covid-19 vão manter-se até à Páscoa“.

Segundo este OCS, “o Governo apenas começará a aliviar estas medidas quando o número de novos casos de infetados cair para cerca de dois mil por dia, o que poderá acontecer na terceira semana de março. Os cafés e restaurantes deverão ficar encerrados até ao final de abril“.

O CM, refere ainda que o governo prevê que “até ao final de fevereiro, será mantido o confinamento geral; em março, não está excluída a possibilidade de haver algum tipo de alívio ligeiro; e a partir de abril, haverá desconfinamento no País“.

O governo tem como dúvida maior, segundo o CM, a evolução da pandemia em Março.

Acrescenta ainda que “a expectativa é mais animadora para abril: a partir da Páscoa, 5 de abril, admite-se a possibilidade de reabrir as escolas para alguns níveis de ensino e, no final do mês, poderão reabrir os cafés e os restaurantes“.

A intenção do executivo liderado por António Costa é “fazer uma abertura gradual do País, com muito cuidado. Ao fixar em cerca de dois mil novos casos de Covid – 19 por dia o momento para iniciar o alívio do fecho do País, o Governo quer ter condições para controlar a pandemia se o número de novas infeções disparar para quatro mil casos por dia“.

Os cálculos são feitos da seguinte forma: “Para reduzir para metade o atual número diário de novas infeções, são necessárias três semanas, segundo os epidemiologistas. Ou seja, os atuais 6132 novos casos cairão para 3066 no final de fevereiro e estes descerão para 1533 na terceira semana de março“.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
102InscritosInscrever