Graça Freitas deixa a Direção Geral de Saúde

Graça Freitas deixa a Direção Geral de Saúde, segundo foi revelado no dia de hoje.

Graça Freitas deixa a Direção Geral de Saúde

A líder da Direção Geral da Saúde, Graça Freitas, já informou o Ministro da Saúde, Manuel Pizarro, que não pretende recondução de novo mandato que termina a 31 de dezembro.

Segundo o Correio da Manhã, está assegurada a permanência no cargo até à substituição de Graça Freitas.

O Ministério da Saúde agradeceu a disponibilidade demonstrada pela diretora-geral “e todo o empenho e dedicação na liderança da Direção-Geral da Saúde ao longo dos últimos anos, de um modo especial na resposta à pandemia, a maior crise global de saúde pública do último século“, segundo comunicado.

A sucessão de Graça Freitas será “naturalmente efetuada dentro de um perfil que se enquadre no quadro das competências da DGS, onde sempre estiveram presentes as responsabilidades da Autoridade de Saúde Nacional na resposta a emergências sanitárias e de saúde pública“, acrescenta o comunicado.

Especialista em Saúde Pública, Graça Freitas assumiu o cargo de diretora-geral da Saúde em 1 de janeiro de 2018, substituindo o médico Francisco George, que atingiu o limite de idade.

Antes disso, Graça Freitas já desempenhava as funções de subdiretora-geral da Saúde, tendo coordenado o Programa Nacional de Vacinação.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

30,636FãsCurtir
12,938SeguidoresSeguir
358SeguidoresSeguir
226InscritosInscrever