Quinta-feira, Julho 29, 2021

Mirandela: Desmantelada rede de tráfico de estupefacientes e apreendidos 38.000 dólares falsos

Mirandela: Desmantelada rede de tráfico de estupefacientes e apreendidos 38.000 dólares falsos

O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Mirandela, nos dias 9 e 10 de julho, deteve três homens com idades compreendidas entre os 39 e os 68 anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho de Mirandela.

No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que decorre desde o final do ano de 2019, foi possível desmantelar uma rede organizada de distribuição de cocaína e haxixe nos concelhos de Mirandela e Viseu. Um dos elementos do grupo adquiria cocaína e produzia canábis, que vendia a revendedores nos concelhos de Mirandela e Viseu, que por sua vez faziam chegar diretamente a dezenas de consumidores destes concelhos.

Na sequência das diligências de investigação foi dado cumprimento a 3 mandados de detenção e 15 mandados de busca, que culminou na detenção dos suspeitos e na apreensão do seguinte material:

·         80 doses de cocaína;

·         102 doses de canábis;

·         Oito plantas de canábis;

·         6 505 euros em numerário;

·         38 mil dólares falsos;

·         Seis armas de fogo;

·         74 munições de vários calibres;

·         Duas balanças digitais;

·         Três veículos;

·         Oito telemóveis;

·         Seis computadores;

·         Vários equipamentos de armazenamento de informação digital;

·         Vários objetos e produtos destinados à plantação, preparação e embalamentos de produtos estupefaciente.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial Bragança, nos dias 10 e 12 de julho, sendo que dois deles ficaram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva e o terceiro elemento viu ser-lhe aplicada a medida de coação de apresentações semanais e proibição de contactos com os restantes elementos da rede.

A operação contou com o reforço da estrutura de Investigação Criminal da GNR dos Comandos Territoriais de Bragança, Vila Real e Viseu, dos Destacamento de Intervenção (DI) de Bragança e Vila Real e da Unidade de Intervenção (UI), bem como com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
101InscritosInscrever