“Quero dançar sentir calor…” foi NATIRUTS no Casino Estoril

“Quero dançar sentir calor…” foi NATIRUTS no Casino Estoril, ontem – 26 de Agosto.

“Quero dançar sentir calor…” foi NATIRUTS no Casino Estoril

Texto: Francisco Potier Dias
Fotografias: João de Sousa

Na segunda noite consecutiva de casa cheia, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril, para uma noite de boa vibe e reggae ao som da já lendária banda brasileira Natiruts, que este ano está de regresso à Europa. 

Fundada em 1996, a banda lançou nove álbuns, três DVD’s e percorreu o mundo encabeçando festivais de música e actuando pela América do Sul, Espanha, França, Alemanha, Portugal, Cabo Verde, Austrália e Nova Zelândia.A 28 de maio de 2021 os Natiruts celebraram o seu 25º aniversário com o lançamento do álbum “Good Vibration – Vol 1”. banda Natiruts, na sua TOUR GOOD VIBE.

Uma banda inspirada no reggae mas com grandes influências da Bossa Nova, que tem um concerto ideal para desfrutar de uma boa vibe acompanhado da sua alma gémea, ou, pura e simplesmente de boa disposição.

Quanto ao espectáculo, abriram as hostes com o tema “Na positiva” e com grande parte da sala a acompanhar, daí arrancaram para um desfile de música e descontração, seguindo para o tema “Carcara” e “Tudo vai dar certo”, usando e abusando das raízes do jazz, com um saxofonista digno desse nome. Que maravilha! 

Já com o concerto a “bombar”, tempo de trazer a palco mais uma mão cheia de sucessos desde logo “Leve com você”, “Deixa o menino jogar” e o “Meu reggae”.

Este espectáculo desenhado pelos músicos brasileiros teve do início ao fim um público que tal como os temas finais deste concerto, anseia “Ser feliz também” e que “Sorri” porque Hoje é “(sou) Rei” da sua “Liberdade” de tanto beijar na boca como ser “Beija Flor” e “Andar só” curtindo este “Reggae Power”, e que por isso, tornou memorável a noite no salão preto e prata. 

Em termos técnicos, cumpre destacar a performance vocal e musical de muito boa nota, coexistindo um equilíbrio entre a percussão e as vozes, fazendo sobressair por vezes, e bem, os instrumentos de sopro com intérpretes de elevadíssima qualidade, sendo um espectáculo que decorre seguido, sem qualquer intervalo ou interrupções, mas, que nem por isso se torna enfadonho. 

Foi uma noite memorável no salão preto e prata do casino Estoril, neste ano que se volta a celebrar a liberdade e onde todos temos sede de cultura, de gente, de palcos… de vida! 

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,904FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
308SeguidoresSeguir
201InscritosInscrever