Rui Tanoeiro venceu Concurso Nacional da Canção Rural

Rui Tanoeiro venceu Concurso Nacional da Canção Rural, promovido pelos Municípios do Vinho em Pinhel.

Rui Tanoeiro venceu Concurso Nacional da Canção Rural

O fadista Rui Tanoeiro venceu, na passada sexta-feira, a 1.ª edição do Concurso Nacional da Canção Rural promovido pelos Municípios do Vinho em Pinhel. Foi com o tema “Morena da minha Aldeia” com letra e música original da sua autoria que o cantor chamusquense arrecadou o 1.º prémio do concurso e ainda o prémio de melhor música em representação do Município da Chamusca na Cidade do Vinho 2020/22.

canção “tipicamente chamusquense”, quearrecadou também o prémio para a Melhor Música, fala do mundo rural, da lezíria, da vinha, do vinho, dos namoros de antigamente e das gentes que trabalhavam nos campos e retrata, na perfeição, o amor e o orgulho que o fadista tem pela sua terra.

Apaixonado pelas suas raízes foi a cultura e as tradições da Chamusca que o chamaram para o fado. “Cresci na Chamusca, sempre, habituado a ouvir fado nas tertúlias, com amigos, ou não fosse a minha Chamusca uma terra de bons músicos, bons fadistas e até uma referência a nível nacional”.

Cláudia Moreira, vice-presidente da Câmara Municipal da Chamusca, felicitou o fadista chamusquense, referindo que “a canção é maravilhosa e é uma lindíssima forma de homenagear a nossa ruralidade! Estamos rendidos e orgulhosos! O Rui Tanoeiro, em representação do Concelho da Chamusca, deixou uma bonita marca no primeiro Concurso da Canção Rural”. Cláudia Moreira aproveitou ainda para felicitar todos os outros municípios concorrentes e toda a organização, aos Municípios do Vinho e ao Município de Pinhel “que tão bem nos acolheu.”

O concurso contou com a participação de sete canções originais, nas quais os autores e intérpretes se apresentaram em representação dos respetivos municípios de Alenquer, Beja, Cantanhede, Chamusca, Nelas, Santarém e Viana dos Castelo, que integram a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), numa organização da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e da Associação das Rotas do Vinho de Portugal e ‘Pinhel – Cidade do Vinho 2020/22’ (ARVP), e

A prova foi criada com o objetivo de estimular a composição de temas musicais com acompanhamento vocal, cujos textos (poemas) contribuam para uma maior visibilidade do mundo rural.

A direção musical esteve a cargo do maestro Carlos Alberto Moniz, que presidiu também ao júri, do qual faziam ainda parte Amadeu Diniz Fonseca (Poeta/letrista), Ana Sofia Ricardo (Direção Regional de Cultura do Centro), Beatriz Cardoso (Música/Cantora) e Daniela Marques (Rainha das Vindimas 2021).

A partir do próximo dia 25 de junho irá decorrer nas redes sociais uma votação para eleger a canção “Mais Popular”, num prémio atribuído pelo público.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,406FãsCurtir
12,869SeguidoresSeguir
268SeguidoresSeguir
173InscritosInscrever