“As Canções Que Ninguém Quis”: Bárbara Tinoco anuncia dois espectáculos e convidados

“As Canções Que Ninguém Quis”: Bárbara Tinoco anuncia dois espectáculos e convidados, para o Casino Estoril e Casino da Póvoa.

"As Canções Que Ninguém Quis": Bárbara Tinoco anuncia dois espectáculos e convidados

Depois de um concerto no MEO Marés Vivas esgotado, absolutamente extraordinário e emotivo, Bárbara Tinoco lança-se para novos desafio, com um espetáculo idealizado por si e que reúne em palco várias estrelas nacionais.

“As Canções Que Ninguém Quis” é o espetáculo desenhado por Bárbara Tinoco, que terá lugar nos dias 06 de outubro e 14 de outubro, no Casino Estoril e no Casino da Póvoa, respetivamente. Este encontro vai juntar em palco talentosos compositores nacionais para mostrarem algumas das suas obras recusadas pelos autores que as encomendaram, muitas delas verdadeiros êxitos, à data de hoje, pela voz de outros artistas.

O espetáculo dinâmico, que será moderado pelo autor Tito Couto, tem como objetivo a partilha das histórias e das canções que, por algum motivo, não foram aceites pelas pessoas para quem foram escritas. Algumas chegaram a ser gravadas por outros intérpretes — com sucesso, inclusive — outras pelo próprio autor e outras não chegaram (ainda) a ver a luz do dia.

No Casino Estoril, dia 06 de outubro, Bárbara Tinoco será acompanhada por Agir e Carolina Deslandes, já dia 14 de outubro, no Casino da Póvoa, Bárbara junta-se em palco a Miguel Araújo e Luísa Sobral.

Agir, Bárbara Tinoco, Carolina Deslandes, Luísa Sobral e Miguel Araújo são cantautores que, a par das suas carreiras a solo, compõem para outros artistas. Existem inúmeras boas razões para se recusar uma canção e nesse sentido serão também convidados artistas que vão interpretar a canção que recusaram e dar uma oportunidade aos compositores e ao público de testemunhar como ficaria na sua própria voz.

“Estes encontros serão baseados na constante comunicação e partilha, entre os compositores em palco e também com o público, sobre escrever canções, processos criativos, mas também sobre rejeitar e ser rejeitado e como as coisas na vida são sempre aquilo que têm se ser, mesmo que muito contra a nossa vontade”, explica Bárbara Tinoco.

Bilhetes já à venda nos locais habituais.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,669FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
302SeguidoresSeguir
181InscritosInscrever