Terça-feira, Novembro 30, 2021

Carminho substitui Katia Guerreiro no Festival Fado de Sevilha

Carminho substitui Katia Guerreiro no Festival Fado de Sevilha

Carminho substitui Katia Guerreiro no Festival Fado de Sevilha, após Katia ter estado em contacto com uma pessoa infectada com COVID-19.

Por questões relacionadas com a pandemia, a artista Kátia Guerreiro encontra-se em isolamento profilático, pelo que não poderá estar presente no Festival Fado de Sevilha no dia 30 de novembro no Teatro Lope de Vega.

Em substituição da artista, O Festival vai contar com a presença da fadista Carminho que promete um espetáculo inesquecível em mais uma edição na cidade espanhola.

Os bilhetes já adquiridos mantêm-se válidos, sem necessidade de troca. Para informações contatar a bilheteira do Teatro Lope de Vega, em Sevilha.

Carminho é a grande voz do fado e uma das artistas portuguesas com maior projecção internacional, de sempre!

Carminho nasceu no meio das guitarras e das vozes do fado, filha da conceituada fadista Teresa Siqueira, estreou-se a cantar em público aos doze anos, no Coliseu de Lisboa. “Fado”, o seu primeiro disco, é editado em 2009, que se tornou num dos mais aclamados álbuns do ano e da década.

Alcança a platina – resultado invejável para uma estreia – e vê “Fado” abrir os corações de Portugal à sua voz, e as portas do mundo ao seu talento: melhor álbum de 2011 para a revista britânica “Songlines”, actuações nas principais capitais europeias, no Womex 2011 em Copenhaga e na sede parisiense da UNESCO no âmbito da candidatura do Fado a património mundial. No mesmo ano, colabora com Pablo Alborán em “Perdoname” e torna-se na primeira artista portuguesa a atingir o número 1 do top espanhol. Em 2012, o segundo álbum, “ALMA”, estreia-se no primeiro lugar de vendas em Portugal e alcança posições de destaque em vários tops internacionais. Depois de passar pelas principais salas da Europa e do Mundo, atua também no Brasil e realiza o sonho de gravar com Milton Nascimento, Chico Buarque e Nana Caymmi.

Em 2013, Carminho afirmou-se como uma das mais internacionais artistas portuguesas, levando a sua voz aos quatro cantos do mundo, ao mesmo tempo que é distinguida em Portugal com um Globo de Ouro e o Prémio Carlos Paredes, vendo ambos os seus álbuns atingirem a marca da dupla platina. No final de 2014 edita “Canto”, e a sua relação com o Brasil ganha raízes ainda mais profundas, com a primeira parceria de Caetano Veloso com o seu filho mais novo Tom que lhe oferecem o inédito “O Sol, Eu e Tu”. “Canto” inclui também o dueto com Marisa Monte e participações especiais de Jaques Morelenbaum, António Serrano, Carlinhos Brown, Javier Limón, Naná Vasconcelos, Dadi Carvalho, Jorge Hélder e Lula Galvão.

Em 2016, na sequência de um convite endereçado pela família de um dos maiores compositores do mundo, grava “Carminho canta Tom Jobim”, com a última banda que o acompanhou ao vivo nos seus últimos dez anos, partilhando temas com Marisa Monte, Chico Buarque e Maria Bethânia. “Carminho canta Tom Jobim” é já platina e com este disco Carminho é galardoada com o Globo de Ouro de melhor interprete. Depois do grande êxito conquistado com o álbum “Carminho Canta Jobim”, a cantora portuguesa, considerada uma das maiores intérpretes da história da nossa música, está de regresso com um novo disco de originais.

“Maria” é o título que Carminho escolheu para o seu novo álbum, o quinto da sua carreira e o mais pessoal de sempre. Um álbum em que participou activamente na sua produção e onde inclui várias canções de sua autoria. Um disco verdadeiramente emocionante.

PROGRAMA

30 novembro
18h30 Conferência
Tiago Torres da Silva- “Lisboa, Cuna Del Fado” – 50 min
Local: Consulado Geral de Portugal

20h00 Concerto Carminho
Local : Teatro Lope de Vega
 
1 dezembro
20h00 Concerto Helder Moutinho e Maria Emília
Local : Teatro Lope de Vega

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
120InscritosInscrever