Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Descoberto sítio arqueológico em Gaia

O Grupo Fortera anunciou hoje a descoberta de um sítio arqueológico de grande importância histórica no empreendimento Riverside, em Vila Nova de Gaia, localizado atrás da Câmara Municipal da cidade.

A promotora imobiliária foi surpreendida pela relevância dos artigos encontrados: uma necrópole paleocristã e alti-medieval associada a um amplo conjunto edificado de carácter religioso-administrativo com elementos arquitetónicos monumentais.

Pretendemos salvaguardar os vestígios arqueológicos encontrados, pois os mesmos integram o património cultural, constituindo um meio para o conhecimento da história de Vila Nova de Gaia, e de Portugal. É assim evidente a necessidade do reconhecimento por parte da sociedade contemporânea do valor do património arqueológico e a necessidade do seu estudo, preservação e fruição”, explicou Elad Dror, CEO do Grupo Fortera, que possui maioria da sociedade da promotora Noble S.A, que explora o local.

Em 2007 já havia sido realizada uma intervenção no local, e após conclusão dos trabalhos, os arqueólogos propuseram como medida de salvaguarda a escavação integral do espaço, mas os trabalhos foram interrompidos em 2008.

Então, quando da aquisição do terreno, em 2020, o Fortera sabia da existência de achados arqueológicos no local, vista a proximidade com o sítio do Castelo de Gaia, e numa ação preventiva contratou uma empresa especializada para mapear e relatar essas descobertas.

Agora, em colaboração com a Câmara de Vila Nova de Gaia, a empresa quer desenvolver um espaço para visitação pública que valorize a história local.

O melhor caminho será sempre o que conjugue passado, presente e futuro, por isso, vamos analisar diferentes soluções que permitam a criação de um arqueossítio e centro interpelativo da Basílica Paleocristã de Gaia na zona de terreno onde se inserem os achados”, conclui Elad Dror.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever