Sábado, Junho 19, 2021

Jose Garrido: “Esperamos conseguir impulsionar o toureio a pé em Portugal”

Jose Garrido: "Esperamos conseguir impulsionar o toureio a pé em Portugal"
Fotografia: Rute Nunes & Carlos Pedroso

Jose Garrido: “Esperamos conseguir impulsionar o toureio a pé em Portugal”, disse o matador espanhol em declarações ao Infocul.pt.

Jose Garrido será um dos matadores espanhóis que virá esta temporada à Praça de Touros do Campo Pequeno.

Será a 16 de Julho, na corrida de touros de homenagem a Vítor Mendes, compartindo cartel com Finito de Córdoba, Manuel Dias Gomes e João Silva ‘Juanito’.

Lidam-se touros das ganadarias Nuñez de Tarifa e Voltalegre.

Creio que é um bom desafio, num cartel de homenagem aquele que foi uma das últimas grandes figuras portuguesas. Um toureiro muito importante para Portugal e para o resto do mundo taurino, que levou a bandeira portuguesa bem alto e que agora é homenageado no Campo Pequeno, a capital do toureio em Portugal“, disse sobre o homenageado e o cartel.

Sendo uma corrida a pé penso que é uma homenagem para ele, mas também para a afición portuguesa, uma afición que tanto gosta de toureio a pé e que tão pouca oportunidade tem de o ver no seu país“, acrescentou.

O matador espera que esta corrida ajude a alavancar o toureio a pé em Portugal: “Esperamos conseguir impulsionar, com esta corrida, o toureio a pé em Portugal para que ele consiga continuar a crescer“.

Sobre a impossibilidade de ter a sorte de varas em Portugal, foi claro e objectivo: “Para mim a sorte de varas é essencial, para além da parte litúrgica, porque molda a investida do touro. Não haver sorte de varas em Portugal encaramos já como um costume, já são muitos anos assim e temos de a encarar assim, caso queiramos toureio a pé em Portugal“.

Rui Lavradorhttp://www.infocul.pt
Jornalista e Director Infocul.pt

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,945FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
98InscritosInscrever