Sábado, Julho 31, 2021

Morreu o homem que tentou salvar o filho dos escombros do prédio que explodiu em Lisboa

O Centro Hospitalar de Lisboa Central confirmou esta segunda-feira, à Lusa, a morte do ferido grave da explosão de um prédio em Lisboa, ocorrida no dia 23 de dezembro.

O homem, dado como ferido grave e hospitalizado desde o dia da explosão, era o pai do jovem de 24 anos que foi encontrado sem vida nos escombros do edifício.

Recorde que a violenta explosão, aparentemente causada por uma fuga de gás, levou ao desabamento de um prédio de quatro andares na rua de Santa Marta, Lisboa, a 20 de dezembro. O incêndio que se seguiu foi combatido por dezenas de bombeiros, causando quatro feridos.

Os sete moradores desalojados após a explosão de um prédio em Lisboa, há oito dias, que causou duas mortes, não pediram ajuda para encontrarem habitação, disse esta segunda-feira à agência Lusa fonte do município, adiantando que utilizaram “meios próprios“.
De acordo com a autarquia, os moradores não manifestaram junto da Câmara de Lisboa a necessidade de lhes serem providenciados meios alternativos de habitação.

Os moradores disseram que tinham alternativa pelos seus próprios meios“, acrescentou a fonte.

Texto: Lusa

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
102InscritosInscrever