Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Pandemia: Devoto pretende oferecer imagens de Nossa Senhora de Fátima aos lares residenciais de idosos de Portugal

Sensibilizado pelo facto de os idosos em lares não poderem receber a visita dos seus familiares e amigos, para “lhes dar a força, coragem e esperança necessárias para encararem a necessária situação de reclusão causada pela pandemia”, José Câmara, natural da ilha da Madeira, atualmente reformado depois de uma vida de trabalho no setor imobiliário na África do Sul, apresenta-se para oferecer imagens de Nossa Senhora de Fátima aos lares residenciais de idosos de Portugal.

Peço a colaboração dos jornalistas, que divulguem a minha proposta para que possa chegar ao maior número de instituições. Eu ofereço a imagem, a instituição apenas tem de pagar os portes de envio”, explica.

Devoto de Nossa Senhora de Fátima desde criança, após uma visita da Virgem Peregrina de Fátima a Porto Moniz, a sua terra natal, José Câmara, atualmente com oitenta anos de idade, revê-se na situação de muitos idosos, já que também tem os filhos longe, emigrados. “Nossa Senhora de Fátima é uma excelente companhia, por isso tive esta ideia de oferecer a imagem às instituições portuguesas que trabalham ao serviço dos idosos”, explica José Câmara, que reside com a esposa em Cascais.

Mas a ação benemérita não é de agora. Entre janeiro de 2013 e dezembro de 2020 – quase oito anos, José Câmara enviou imagens de Nossa Senhora de Fátima, de vários tamanhos, entre 55 centímetros a 1,15 metros, para, entre muitos outros países, África do Sul, Austrália, Arábia Saudita, Brasil, Dubai, Estados Unidos da América, Filipinas, Guatemala, Haiti, Israel, Índia, Japão, Namíbia, Madagáscar, Maurícias, Tanzânia, e também para Portugal e para os países africanos de língua oficial portuguesa,

A sua pretensão de oferecer a estátua da Virgem de Fátima foi divulgada pela primeira vez no jornal católico da África do Sul Southern Cross. Num anúncio, José Câmara divulgou a intenção de oferecer 12 imagens da Virgem de Fátima, “tantas quantos os apóstolos”, como forma de agradecer a Nossa Senhora tudo o que de bom tinha recebido a nível profissional e pessoal. “Todas as vidas têm altos e baixos, mas eu sou uma pessoa agradecida”, refere.

Em resposta ao anúncio, mesmo sem se ter identificado, e também pelo passa-palavra, chegaram pedidos de imagens de igrejas, capelas, escolas, congregações, prisões, hospitais, primeiro da África do Sul, depois de outros países do continente africano e depois de tantos outros lugares de todo o mundo.

As imagens são adquiridas por José Câmara a uma fábrica do Sobral, localidade vizinha de Fátima, no concelho de Ourém, a Farportugal. “Dá-me alegria enviar as imagens, tenho muita devoção a Nossa Senhora de Fátima”, finaliza José Câmara.

Os pedidos podem ser enviados, subscritos pelos responsáveis das instituições que pretenderem receber a estátua, ao e-mail jjvcamara@gmail.com.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever