Reportagem: Sporting derrota Arouca e garante presença na final da Taça da Liga

Reportagem: Sporting derrota Arouca e garante presença na final da Taça da Liga, no próximo sábado.

Reportagem: Sporting derrota Arouca e garante presença na final da Taça da Liga

Texto: Rui Lavrador
Fotos: Diogo Nora

Equipas Titulares

Arouca: Thiago Silva, Tiago Esgaio, João Basso, Opoku, Weverson (Mateus Quaresma, 19′); Uri Busquets (Arsénio, 85′); Sylla, Alan Ruiz, David Simão, Antony; Dabbagh (Michel, 78′).

Sporting: Adán; St. Juste (Gonçalo Inácio, 64′), Coates, Matheus Reis; Ricardo Esgaio (Pedro Porro, 77′), Ugarte (Tanlongo, 85′), Morita (Arthur, 77′), Nuno Santos; Edwards (Chermiti, 85′), Paulinho e Pedro Gonçalves.

Suplentes

Arouca: João Valido, Nino Galovic, Mateus Quaresma, Pedro Moreira, Ismaila Soro, Moses, Arsénio, Bruno Marques e Michel.

Sporting: Franco Israel, Pedro Porro, Gonçalo Inácio, Tanlongo, Arthur, Marsá, Jovane, Chermiti e Mateus Fernandes.

O Sporting teve uma primeira parte completamente dominadora, com 71% de posse de bola. O Arrouca jogou com um bloco mais baixo e tentou sair em contra-ataque, porém sem nunca colocar em verdadeiro perigo a baliza de Adán.

Por sua vez, o Sporting jogou com os olhos na baliza arouquense, com a bola a roda constantemente de um flanco ao outro, muitas das vez com um dos centrais a avançar para criar desequilíbrios no reduto dos arouquenses e ainda com os laterais e os extremos a trocarem muitas vezes os terrenos que pisaram, levando a desequilíbrios no adversário.

A primeira parte terminou com grande polémica, após Antony marcar num golaço, mas com a jogada a ser revertida, devido a falta de João Basso, mão na bola, no início da jogada, após intervenção do VAR.

Na sequência desse livre, o Sporting chegou ao golo, através de Paulinho, perante a revolta do banco arouquense.

Na segunda parte, a equipa nortenha entrou com tração à frente e fez o que não tinha feito na primeira parte e chegou ao empate aos 57 minutos, com Dabbagh a responder bem a um cruzamento da esquerda, antecipando-se a Adán.

O jogo ficou mais dividido, com o Sporting a criar perigo com remates de Esgaio e Pedro Gonçalves, com o Arouca a quase marcar por Opoku, com Adán a responder com defesa atenta.

Aos 79′, foi a vez de Pedro Porro quase marcar de pé esquerdo, com a bola a sair ao lado. Mas aos 82′, o Sporting voltou a colocar-se em vantagem, com Paulinho a responder a um excelente cruzamento de Nuno Santos da esquerda e a marcar ao primeiro poste.

Aos 84′, o Arouca quase voltou a empatar com David Simão a rematar dentro da área e a bola a passar muito perto do poste.

Até ao final do jogo destaque ainda para uma jogada muito perigosa do Sporting, com João Basso a cortar, quando Paulinho prepara-se para encostar para o terceiro golo no jogo.

Sporting derrota Arouca e garante presença na final da Taça da Liga, após vitória por 1-2, esta terça-feira.

Árbitro: Fábio Veríssimo
Árbitros Assistentes: JPedro Martins e Hugo Marques
4º Árbitro: Ricardo Baixinho
Vídeo Árbitro: Luís Godinho
AVAR: Rui Teixeira

Assistência:

Disciplina: Cartão Amarelo a Opoku (38), Quaresma (44), Thiago (61), Sylla (62), Pedro Porro (88), Alan Ruíz (88), Tanlongo (90+2), David Simão (90+4)

Golos: Paulinho (45+7), Dabbagh (57), Paulinho (82)

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

29,953FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
329SeguidoresSeguir
213InscritosInscrever