Sábado, Setembro 25, 2021

Actriz Carla Vasconcelos critica Inês Herédia devido a cena sobre gordas

Actriz Carla Vasconcelos critica Inês Herédia devido a cena sobre gordas

Actriz Carla Vasconcelos critica Inês Herédia devido a cena sobre gordas, na novela ‘Festa é Festa’.

Não param de chover críticas a Inês Herédia devido a uma cena protagonizada pela personagem da actriz na novela Festa é Festa na TVI.

Depois das muitas críticas recebidas nas redes sociais, a cantora e actriz é agora criticada por colegas.

A actriz Carla Vasconcelos deixou um longo texto crítico para com a colega:

“Enquanto textos como este continuarem a ser escritos e gritados agressiva e gratuitamente e os actores que os recebem continuarem a dizê-los sem questionar e achar no seu quarto de neurónio que vão ter muita graça, as mentalidades não saem da vergonhosa tacanhez miserabilista e preconceituosa em que se encontram.

Agora linda Inês Herédia, põe-te de mãos postas em sossego e imagina que a palavra que está nesse texto não é gordas a ocupar espaço… Consegues fazer esse exercício? Imagina que te davam o mesmo texto e encontravas palavras de substituição como pretos, paneleiros, monhê, fonga… por aí fora.

O teu quarto de neurónio questionava? Dirias as alarvidades que te apareciam escritas? Ou para ti as gordas atrás a ocupar espaço não é um texto suficientemente agressivo para não o dizeres? Ou não pensas? Papagueias tudo o que te dão? A culpa é do texto…. Sabes, eu fiz de gorda na novela Amar Demais. Não sei se vês, está no ar.

E ali foi um esforço imenso para que o assunto fosse abordado de uma forma educativa, de forma a combater o preconceito. Sabes quantas vezes vieram textos violentíssimos sobre gordos parar às minhas mãos? Sabes o que é ter os colegas a rever texto e a encontrarem forma de não dizer o que vinha escrito? A recusarem-se a dizer determinadas coisas que fossem apenas gratuitas? Sabes quantas vezes falei com a autora para lhe dizer o que acontece na verborreia dos outros quando se é gordo? Para que a minha experiência fosse aproveitada para um guião construtivo? Sabes quantas mensagens recebo por dia de pessoas destroçadas por ouvirem piadas agressivas como essa todos os dias?

Pessoas reais, que choram por não serem aceites, por serem alvo de chacota? Pessoas que têm medo de ir buscar os filhos à escola e não vão porque não querem ser gozadas à frente dos filhos. Sabes da dor? Do desgosto, do desespero? Sabes lá tu! Não sabes, porque tu e os acéfalos que deixam passar piadolas destas, não sabem nada. São os lá de trás e nós os da frente!

Sabes quem pode fazer piadolas sobre ser gorda? Eu!!! Porque sou gorda e sei do que falo. O meu amigo Terry tem paralisia cerebral e faz stand up em NYC, sabes sobre quê? Paralisia cerebral. Ele pode. Eu não! Fazia-te um quadro esquemático, mas tu e todos os que deixam esta vergonha acontecer nunca conseguiriam entender.

Obrigada a quem escreve, a quem aprova, a quem dirige, e a quem diz estas atrocidades que deviam estar banidas do pensamento de qualquer um de nós.

O vosso contributo para acabar com preconceitos, é uma merda. Vocês estão lá atrás, embrulhados na vergonha que são”.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever