Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito: Neste Natal seja distinto e ofereça qualidade

1475
Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito: Neste Natal seja distinto e ofereça qualidade

Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito: Neste Natal seja distinto e ofereça qualidade, a mesma que pudemos ver na visita que fizemos à Casa das Talhas.

O Vinho da Talha é um dos tesouros maiores do Alentejo, que assim preserva um processo de vinificação desenvolvido pelos romanos. Ao longo dos tempos, a técnica de fazer vinho em talhas foi sendo passada de geração em geração, de forma quase imutável. Ainda assim, não existe apenas uma maneira de fazer vinho em talhas, variando ligeiramente consoante a tradição local.

Fotos e Texto: Roberto Pingas Rodrigues/R.L

Também o crescente interesse dos produtores alentejanos pelos vinhos de talha e a instalação destas vasilhas de barro em algumas modernas adegas, levou à introdução no processo de algumas técnicas e equipamentos que visam facilitar o trabalho sem adulterar a essência da vinificação em talha.

A Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito conta no momento com cerca de 1500 hectares de vinha, proveniente de cerca de 300 associados. 

Vinha que recebeu 9.7 Milhões de Kg de uva, 52% de uva tinta e 48% de uva branca e produziu em 2021 aproximadamente, em garrafa, 7 milhões de litros de vinho, tirando os “Bag In Box”, recebendo assim 70 prémios. 

Actualmente a Cooperativa conta com apenas 2% de exportação por opção própria, sendo o Eng. Luís Morgado Leão o enólogo da cooperativa e quem garante que nenhum vinho é igual. 

Esta Cooperativa conta com meios sustentáveis como: Edifícios revestidos com painéis solares, ETAR para tratamento das próprias águas e sistema de “Cooling” para arrefecimento de temperaturas altas nas fermentações do vinho.

Para o ano de 2023 há um projecto para que possa ser aumentada a área, para maior capacidade de armazenamento.

O primeiro edifício a ser construído desta Cooperativa foi começado em 1960 e acabado em 1961, tendo a sua primeira colheita armazenada em 1963.

Conta com grande capacidade de armazenamento, chegando mesmo uma cuba a ter 100.000 litros de capacidade.

Tem salas de armazenamento com barricas de madeira para estágio do vinho e aguardente, tendo uma aguardente em estágio a caminho dos 45 anos.

O vinho topo de gama é o “1498”, nome derivado da chegada de Vasco da Gama à Índia, produzido em 2014 e que conta apenas com 1498 garrafas e numeradas tendo as 10 primeiras e última ficado em posse da cooperativa.

A cooperativa conta com outra sala de estágio, também com barricas de madeira, com um design idêntico à proa de uma caravela.

No seu percurso, destaca-se a título de exemplo o Prémio de Adega do Ano, conquistado em 2015.

Daniela de Almeida, do departamento de Marketing e Comunicação, acompanhou-nos numa ida à casa das talhas, elucidando-nos de que uma das marcas do vinho da talha é o facto de ser produzido apenas com uvas derivadas de vinhas centenárias dos nossos produtores associados.

O vinho está disponível para compra, quer na loja física quer na loja online. Em termos de produção, em anos anteriores rondou as 2600 garrafas e é a capacidade que se espera atingir nos próximos anos.

De destacar ainda que o Vinho da Talha DOC, desta cooperativa, destaca-se porque “as uvas que deram origem a este Vinho de Talha são provenientes de apenas 6 ha de vinhas, propriedade de associados da Adega que as disponibilizaram para este projecto. Todos são unânimes em revelar o seu «elevado orgulho e expectativa» por verem o seu trabalho recompensado, uma vez que entregaram uvas das castas brancas tradicionais: Antão Vaz, Roupeiro, Manteúdo, Diagalves, Larião e Perrum, algumas delas quase em extinção“, refere a cooperativa na descrição.

Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito: Neste Natal seja distinto e ofereça qualidade, além de oferecer identidade, como é o vinho aqui produzido.