Arcade Fire, Florence + The Machine, The Blaze, Foals, Metronomy, Amyl & The Sniffers no MEO Kalorama 2023

Arcade Fire, Florence + The Machine, The Blaze, Foals, Metronomy, Amyl & The Sniffers no MEO Kalorama 2023, segundo foi hoje revelado.

Arcade Fire, Florence + The Machine, The Blaze, Foals, Metronomy, Amyl & The Sniffers no MEO Kalorama 2023

Em 2023, o festival MEO Kalorama regressa ao Parque da Bela Vista nos dias 31 de agosto, 1 e 2 de setembro e anuncia hoje as suas primeiras grandes confirmações: Arcade Fire, Florence + The Machine, The Blaze, Foals, Metronomy, Amyl & The Sniffers e os portugueses Capitão Fausto, Dino D’Santiago e Rita Vian.

OsArcade Fire chegam ao MEO Kalorama após uma passagem apoteótica por Lisboa com a sua “WE” tour no passado mês de setembro, em duas noites que esgotaram no espaço de dias e vieram reforçar o amor incondicional mútuo que o país e a banda continuam a sentir, quase 20 anos depois da sua mítica estreia ao vivo. Já Florence + The Machine junta um novo capítulo ao romance que há mais de uma década vem mantendo com o nosso país, desta vez no cenário idílico do Parque da Bela Vista, que parece ter sido desenhado para a receber. 

Com atuações em Portugal desde 2018, em que vêm somando fãs, set após set, os cinematográficos The Blaze vão atuar para a maior plateia de sempre no nosso país, confirmando a entrada na restrita corte da música eletrónica, em que se distinguem ao vivo pela criação sincronizada de música e conteúdos visuais. Intensa e fiel é também a relação dos Foals e dos Metronomy com Portugal, que visitam amiúde e cuja recepção eufórica por parte do público parece sempre a de uma celebração em família: os primeiros trazem guitarras e os segundos sintetizadores mas no fim ambos desfiam um repertório de canções pop perfeitas, que no MEO Kalorama deverão encontrar um coro afinado e pronto a entregar-se à grande festa que se espera sempre dos concertos de ambas as bandas .

Os australianos Amyl & The Sniffers aterram no MEO Kalorama para descarregar rajadas de energia punk, destiladas por uma vocalista que levanta plateias com a força de um tornado. O festival revela ainda os seus primeiros artistas nacionais: depois de este ano terem celebrado os 10 anos do seu disco de estreia “Gazela”, os Capitão Fausto vão atravessar 2023 focados na gravação do seu quinto álbum de originais, aceitando o convite do MEO Kalorama para uma das suas poucas atuações ao vivo no próximo ano; já Dino D’Santiago estreia-se ao vivo no MEO Kalorama num ano que se prevê de consagração, com plateias cada vez mais vastas para cantarem, dançarem e comungarem ao som único do seu Batuku mesclado com hip hop e eletrónica, de que o último álbum “Badiu” é emblemático; por último, Rita Vian integra a corrente de artistas que apresentam uma nova expressão da tradição a partir da música urbana, em particular eletrónica, e traz a promessa de música nova na sua primeira atuação no festival. 

Os primeiros 1000 passes de 3 dias são colocados à venda em exclusivo nas lojas MEO, amanhã, dia 24 de novembro, às 10H00, com o Pack MEO Kalorama 2023, que contém uma edição artística com curadoria Underdogs, pelo valor de 125€. A aquisição é limitada a uma unidade por pessoa e reservada à vasta comunidade MEO Kalorama, que começou a criar-se na primeira edição do festival. Será por isso necessário fazer prova de participação na edição de 2022, apresentando um item oficial como a pulseira, o bilhete, o copo ou a T-shirt do festival numa das seguintes lojas MEO: Colombo, Picoas, Chiado, Entrecampos e Amoreiras em Lisboa; Almada Fórum em Almada; Alma Shopping em Coimbra; Rotunda da Boavista e Norte Shopping II no Porto; GaiaShopping em Vila Nova de Gaia; Braga Parque em Braga; Fórum Algarve em Faro; Glicínias em Aveiro; Oeiras Parque em Oeiras e Alegro no Montijo.

Através do Workshop Reutilização Criativa, a artista visual Raquel Belli, com a curadoria Underdogs, transmitiu as técnicas artesanais tradicionais que utiliza no seu trabalho aos membros da associação Chelas é o Sítio. Com as competências adquiridas, cerca de 20 pessoas trabalharam durante vários dias nestas 1000 obras que integram o Pack MEO Kalorama, criadas a partir do “Templo do Som / Temple of Sound”, a instalação do artista AkaCorleone que envolveu o Palco MEO na primeira edição do festival, em 2022. Produzido pela comunidade de Chelas a partir desta obra de arte, o Pack MEO Kalorama simboliza as várias missões do festival: sustentabilidade, integração social, economia circular e arte. No âmbito da dedicação do festival às questões ambientais e ao seu compromisso de minimizar o desperdício, o workshop veio dar uma nova vida à lona, reutilizando-a de forma artística na concepção de outputs criativos que espelham os valores e identidade do festival. O Workshop Reutilização Criativa alinha-se com uma lógica de economia circular, sublinhando o papel da arte e cultura enquanto pilares essenciais para a sustentabilidade e preservação do meio ambiente. É também uma continuação do trabalho da Underdogs enquanto plataforma cultural, que visa estreitar os laços entre a arte, a cidade e as suas várias populações, aqui em estreita colaboração com o MEO Kalorama.

No dia 25 de novembro tem início a segunda fase de pré-venda do passe de 3 dias do MEO Kalorama 2023 em Seetickets.pt, mantendo-se o valor de 125€ e a exclusividade para participantes na edição de 2022. A plataforma Seetickets.pt disponibilizará antecipadamente aos clientes que adquiriram bilhetes para a primeira edição do MEO Kalorama um código promocional, que lhes permitirá aceder à compra de até 2 passes para a edição de 2023.

No dia 29 de novembro terá início a venda geral do passe de 3 dias do MEO Kalorama através da Seetickets, nos locais habituais em Portugal e on-line para o resto do mundo, com o preço de 145€.

O festival dá também hoje a conhecer o seu relatório de sustentabilidade,  que pode consultar aqui, com os resultados dos 8 compromissos assumidos na sua primeira edição, alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Geral das Nações Unidas, medidos no final do evento e que servirão de base para definir as metas para a edição de 2023.

Recorde-se que o MEO Kalorama esgotou os passes de 3 dias na sua primeira edição, em que teve como cabeças de cartaz os Arctic Monkeys (que esgotaram os bilhetes diários no dia em que atuaram), The Chemical Brothers e Nick Cave & The Bad Seeds, tendo recebido cerca de 112.000 visitantes, entre os quais mais de 30% estrangeiros.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,917FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
308SeguidoresSeguir
201InscritosInscrever