Benfica vence Gil Vicente é sobe ao 1º lugar

Benfica vence Gil Vicente é sobe ao 1º lugar do campeonato.

Fotografias de Diogo Nora

Onzes Titulares:

Benfica: Trubin; Bah, Otamendi, António Silva, Morato (Álvaro Carreras, 67); Florentino, João Neves (Rollheiser, 86); Di María (Tiago Gouveia, 78), Rafa (Neres, 67), Aursnes; Arthur Cabral (Arthur Cabral, 78)

Gil Vicente: Andrew; Zé Carlos (Alex Pinto, 58), Gabriel Pereira, Rúben Fernandes, Buta; Castillo (Roan, 81); Dominguez (Afonso Moreira, 71), Fujimoto, Mary Gbane, Murilo (Alipour, 58); Félix (Tidjani Touré, 58).

Suplentes:

Benfica: Samuel Soares, Álvaro Carreras, David Neres, Kokçu, João Mário, Rollheiser, Marcos Leonardo, Tomás Araújo, Tiago Gouveia

Gil Vicente: Kritsiuk, Tidjany Toure, Ali Alipour, Roan, André Simões, Felipe Silva, Alex Pinto, Kazu, Afonso Moreira.

Benfica e Gil Vicente defrontaram-se para a 20ª jornada da Liga Portugal Betclic.

Roger Schmidt promoveu o regresso de Bah à titularidade, após vários meses lesionado, com Aursnes a subir no terreno, para falso extremo esquerdo, com Florentino e João Neves no duplo pivot de meio-campo. De resto manteve as peças habituais, no também habitual 4x2x3x1.

O Gil Vicente apresentou-se na Luz com um 4x1x4x1, que soube ser maleável e desdobrar-se em 4x3x3 OU 5X4X1, dependendo dos momentos de jogo.

A primeira grande oportunidade no jogo foi para o Benfica, através de um grande cabeceamento de Arthur Cabral, que levou a bola a embater no poste da baliza do Gil Vicente.

Porém, aos 14 minutos, Arthur Cabral marcou mesmo. Canto, da esquerda, marcado por Di Maria, com Arthur Cabral a saltar sozinho e a cabecear para o fundo da baliza da equipa gilista.

O segundo golo do Benfica nasceu novamente de um canto, marcado por Di Maria, com um desvio de Otamendi, tendo a bola sobrado para João Neves, que após livrar-se de um adversário, atirou para o fundo da baliza à guarda de Andrew.

O Benfica foi para o intervalo a vencer por 2-0, após uma primeira parte em que foi superior ao seu adversário, quer na posse de bola, quer no controlo de jogo, com Trubin a quase não ter trabalho de destaque ou realce.

A segunda parte começou com o terceiro golo do Benfica. Uma jogada pela esquerda entre Morato e Aursnes, com este a assistir Rafa, que atirou de pé direito para o 3-0.

Aos 59 minutos, bonita jogada de envolvimento do Benfica, com Rafa, já dentro da área, a rematar de trivela, para defesa de Andrew.

Aos 85 minutos, após jogada pela esquerda, Tidjany Touré obrigou Trubin a uma excelente defesa, com a bola a sair pela linha de fundo.

O Benfica venceu o Gil Vicente e com este resultado atinge a liderança da 1ª Liga, porém de forma provisória, visto que o Sporting tem um jogo a menos, visto que devido à manifestação dos polícias o jogo Famalicão x Sporting, de ontem, foi adiado para data a anunciar.

Árbitro: Tiago Martins
Árbitros Assistentes: Hugo Ribeiro e José Mira
4º Árbitro: Gonçalo Neves
VAR: Gustavo Correia
AVAR: Inácio Pereira

Assistência:

Disciplina: Cartão amarelo a Castillo (74)

Golos: Arthur Cabral (14), João Neves (34), Rafa (48)

Siga-nos no Google News

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

31,777FãsCurtir
12,739SeguidoresSeguir
438SeguidoresSeguir
277InscritosInscrever