Touradas: Campanha polémica conta com cartaz junto da Assembleia. Protoiro pretende “alertar a sociedade”

A Protoiro, através da sua marca Touradas, decidiu colocar um outdoor junto da Assembleia da República a criticar António Costa e André Silva, devido à intenção destes em alterar a idade de acesso dos jovens a espectáculos tauromáquicos.

 

Helder Milheiro, secretário-geral da Protoiro, disse ao Infocul que “esta campanha pretende alertar para a intenção do governo em conjunto com o PAN, derivada do OE 2021, de vir a proibir o acesso dos menores à prática do toureio e acesso aos espectáculos tauromáquicos”.

Realça ainda que “a campanha decorre nas redes sociais e tem um outdoor simbólico junto ao parlamento, como único elemento offline. A campanha é mais digital e não em suportes exteriores por uma questão de custos e por que o digital permite um maior direcionamento das campanhas, optimizando o custo beneficio”.

 

Destaca que “pretendemos criar conhecimento na sociedade civil desta intenção proibitiva que atenta contra os direitos culturais das crianças e dos pais, que têm uma especial proteção legal em Portugal. O que está a acontecer é um negócio político entre governo e PAN em que as crianças são uma moeda de troca e isso não podemos admitir. Queremos alertar a sociedade e mobilizar os aficionados para o protesto”.

 

Sobre os custos desta campanha, a Protoiro não os revela (como é hábito), tendo Helder Milheiro referido que “o custo é reduzido, pois neste momento estamos em contenção orçamental, devido ao impacto da pandemia. Demos um exclusivo ao Expresso que lançou a notícia esta manhã e tem vindo a ser divulgada nos restantes media taurinos e nacionais. O objectivo mediático é chegar ao maior número de meios e assim transpor a mensagem do atentado aos direitos das crianças que se está a perpetrar”.

O outdoor conta com uma imagem em tom amarelo e rosa (tal um capote de toureio) e aposta numa linguagem informal (2ª pessoa do singular) e sobre estas opções, Milheiro revelou-nos que “a campanha foi lançada em nome da marca Touradas, por isso a abordagem gráfica e o tom da campanha estão alinhados pelo tom da marca Touradas, que usa uma abordagem informal “tu”. As cores são as cores de um capote de toureio”.

A Protoiro quando questionada sobre futuras acções e se esta era uma acção isolada após longo silêncio, destacou que “há mais opções para ir para o terreno mas serão avaliadas, dependo do impacto desta campanha e do que venha a suceder sobre este tema. Não existiu nenhum longo silêncio. Ainda há pouco tempo, no início de Novembro, nos pronunciamos publicamente sobre este tema, também sobre as votações no OE 2021, a 23 e 24 Novembro; a 25 Novembro anunciamos o início das ações legais para impugnar o IVA e a queixa na Comissão Europeia; a 2 de Dezembro saiu a sentença de suspensão da demolição da Praça da Póvoa de Varzim, onde estivemos envolvidos e a 23 dezembro anunciamos a colocação de três novilheiros portugueses no Centro de Alto Rendimento Taurino no México, num trabalho conjunto com a ANDT, entre outros projectos que estão a ser trabalhados mas serão comunicados mais à frente”.

Nesta campanha, a marca Touradas questiona “Já conheces os novos pais dos teus filhos?” referindo-se ao primeiro-ministro António Costa e a André Silva, líder do PAN. Este título procura expor a usurpação da liberdade de escolha e educação dos menores e dos pais.

No cartaz pode ainda ler-se “A liberdade na educação dos filhos pertence aos pais e não aos políticos”. A campanha vai também estender-se às redes sociais.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6805 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *