Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Graça Fonseca preside ao início das comemorações do centenário do nascimento de Cruzeiro Seixas

A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, preside, quinta-feira, 3 de dezembro, às 17h30, ao arranque do Programa Comemorativo do Centenário do nascimento de Artur do Cruzeiro Seixas, um dos protagonistas maiores do movimento surrealista em Portugal.

A cerimónia, que decorre na Cinemateca Portuguesa, será marcada pela exibição do documentário «Cruzeiro Seixas – As Cartas do Rei Artur», da autoria da realizadora Cláudia Rita Oliveira, que aborda a figura do pintor e poeta e a sua complexa relação com Mário Cesariny, outro nome maior do surrealismo português.

Na ocasião, e no âmbito da celebração de um Memorando de Entendimento entre o Ministério da Cultura e a Fundação Cupertino de Miranda que, em 1999 e a partir de uma compra e doação do artista de uma parte substancial da sua coleção, se tornou um ponto fulcral na criação do Centro Português do Surrealismo, serão conhecidas as iniciativas comemorativas que decorrerão durante o próximo ano. Destas destaca-se a exposição de um conjunto de obras representativas do percurso artístico do Mestre, organizada pela Fundação, com base no acervo do Centro Português do Surrealismo, e que terá lugar no Salão da Sociedade Nacional de Belas Artes, de hoje a um ano, no próximo dia 3 dezembro de 2021, encerrando-se aí o programa desta efeméride.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
102InscritosInscrever