Juanito: “Quero crescer, ser um ídolo e levar Portugal às costas”

Juanito: “Quero crescer, ser um ídolo e levar Portugal às costas”, disse o matador de touros português, em declarações ao Infocul.pt.

Juanito: "Quero crescer, ser um ídolo e levar Portugal às costas"

Entrevista e Texto: Rui Lavrador
Fotografia: Paulo Gil

A Praça de Touros da Ilha Terceira, nos Açores, recebeu, está sexta-feira, 24 de Junho, a terceira e última corrida de touros da Feira de São João – Sanjoaninas 2022.

Frente a touros da ganadaria de Rego Botelho, actuaram o cavaleiro João Moura Jr., os matadores José Garrido e João Silva ‘Juanito’ e os Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

Juanito, no final da corrida, concedeu declarações ao Infocul.pt.

Análise às lides e aos touros: “O primeiro tinha mais classe, para fazer o meu toureio, permitiu-me expressar tudo o que tinha dentro como toureiro, com mais classe. Foi uma lide muito bonita na qual me entreguei. Este segundo tinha mais génio, soltava mais a cara e mais manso, mas dei tudo de mim e isso é o que levo daqui”.

Importância da primeira lide, no regresso a Portugal após confirmação de alternativa em Las Ventas: “Sim, muito importante. Os toureiros vivem do seu estado anímico. Eu preparo-me para toda a temporada e há outras praças e outros públicos para conquistar”.

Temporada: “Vai haver corridas importantes e em feiras, mais a partir de Agosto e Setembro, bastante fortes, nas quais irei dar a cara. Tenho uma temporada bonita, com cartéis rematados e com as maiores figuras. Quero crescer, ser um ídolo e levar Portugal às costas“.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,470FãsCurtir
12,912SeguidoresSeguir
293SeguidoresSeguir
176InscritosInscrever