Marcelo D2 regressa a Portugal com concertos em Porto e Estoril

Marcelo D2 regressa a Portugal com concertos em Porto e Estoril, em Janeiro de 2023.

Marcelo D2 regressa a Portugal com concertos em Porto e Estoril

Marcelo D2 está de volta a Portugal para dois concertos muito especiais em conjunto com o coletivo Bamba Social (em formato Roda de Samba) nos dias 26 e 27 de Janeiro no Hard Club e Casino Estoril. Os bilhetes estão disponíveis para venda nos locais habituais.

A junção de Marcelo D2 com os Bamba Social remonta a 2018, quando D2 atuou em Portugal, que culminou numa parceria perfeita, e ainda na gravação de um tema em estúdio “Cadê Cascais”, parte do álbum “Na Fé” (2020). Agora, passados estes anos voltam a juntar-se para uma experiência a não perder, num formato único, com os Bamba Social em formato roda de Samba, para dois bailes de Pré-Carnaval, com clássicos do Samba e tributo a alguns dos maiores arquitetos da música brasileira, entre eles o próprio. 

Desde os anos 90 a espalhar beats pelo mundo, Marcelo Maldonado Peixoto, mais conhecido por Marcelo D2, é músico, compositor, rapper, diretor de cinema, pai e avô. 55 anos, 25 de carreira e aquele espírito criativo inquieto que está sempre em busca do novo, do diferente, do fazer arte. E assim, continua a escrever a sua história como uma das figuras mais emblemáticas da música brasileira contemporânea.

Desde a criação dos Planet Hemp em 1990, que acabam de lançar uma faixa inédita “Distopia” com colaboração do rapper Criolo, a primeira em mais de vinte e dois anos, ao seu último disco a solo “Assim tocam os MEUS TAMBORES”, em 2020, produzido em transmissões ao vivo abertas ao público a partir da sala de sua casa em plena pandemia, Marcelo D2 mantém sua identidade subversiva, seja versando sobre a descriminalização da canábis, a rimar sobre as mazelas político-sociais do país ou a falar de amor.

Em Portugal, e nestes concertos, o Marcelo D2 reúne-se com os Bamba Social, coletivo de músicos luso-brasileiros que se juntaram na cidade do Porto, e que revisita diversos clássicos da música brasileira, recriando-os e acrescentando sonoridades como o jazz, funk e hip-hop. Estão juntas as peças, de forma perfeita, para duas grandes noites no Porto e no Estoril já em Janeiro. 

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

28,923FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
308SeguidoresSeguir
201InscritosInscrever