Quarta-feira, Agosto 4, 2021

PS Azambuja critica “massacre e violento ataque” no “abate massivo e indiscriminado de 540 javalis e veados”

A concelhia do PS Azambuja emitiu um comunicado a criticar o “massacre e violento ataque à nossa fauna e natureza” ocorrido no dia anterior e que resultou no “abate massivo e indiscriminado de 540 javalis e veados”, na propriedade da Torre Bela.

Leia o comunicado na íntegra:

Ontem, dia 20 de dezembro de 2020, teve esta comissão política conhecimento do massacre e violento ataque à nossa fauna e natureza. Este “crime ambiental” aconteceu no nosso concelho, o que nos deixa ainda mais revoltados, aconteceu na propriedade da Torre Bela, que, ainda que seja uma propriedade privada, tem de haver regras e não pode valer tudo. Foi uma montaria que culminou no abate massivo e indiscriminado de 540 javalis e veados. Não foi caçar, foi massacrar aqueles animais que não tinham para onde fugir, pois o abate da floresta tem sido permanente e os animais estavam confinados aos muros da propriedade.
Não somos, em geral nem em particular, contra a realização de montarias, quando realizadas de forma a manter o equilíbrio cinegético, pois o seu descontrolo coloca em causa quer a agricultura quer a segurança rodoviária, o que não foi de todo o caso, uma vez que este animais estavam dentro de uma propriedade murada, não existindo qualquer perigo para a segurança das pessoas.
Denunciamos e estamos totalmente contra este abate, feito à margem de todo o bom senso, podendo provavelmente ser classificado como um “crime ambiental”.
Ainda hoje, iremos comunicar ao ICNF (Instituto Conservação da Natureza e das Florestas) e ao Governo este verdadeiro ataque à natureza, para que estes verifiquem da legalidade daquele ato Suez.
No Partido Socialista de Azambuja defendemos a liberdade dos gostos, da prática do desporto, mas com limite e regras, NÃO PODE VALER TUDO!
O Presidente da Concelhia,
Silvino Lúcio
21 de dezembro de 2020

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
102InscritosInscrever